videos que podem lhe interessar

madrid guia brasileiro roberto atunes

um guia brasileiro em madri

Como ele mesmo afirma, Roberto Antunes de Paiva é um privilegiado. Afinal, são poucos os brasileiros que veem morar na Europa a convite de uma empresa. No caso dele, embora indiretamente, já que ele chegou à Espanha, acompanhando a esposa, que ..... leia mais
Cassio Jeha Madrid

cássio jeha memórias de madri

Como editor do Canal Londres, parao bem ou para o mal, eu tenho sido o responsável pela maioria dos textos que você lê em nossas páginas. O que este tem de diferente é que é a primeira vez que eu escrevo na primeira pessoa. A razão é muito especial: ... leia mais
Claudia Bairro Gótico Barcelona

bairro gótico, barcelona

Pronto para o passeio? Então deixe-nos apresentar a sua guia em Barcelona. Claudia Baquedano, deixou o Brasil há quase uma década com o objetivo de estudar direção de cinema em Barcelona. Como acontece com inúmeros brasileiros ela ... leia mais
Sofia Porto Bauchwitz Madri

em madri, com sofia bauchwitz

Estudar no exterior é um sonho alimentado por muitos estudantes brasileiros. No caso de Sofia Porto Bauchwitz pode-se dizer que é um sonho realizado em família. Ainda criança, ela foi morar em Salamanca, cidade de uma das mais antigas universidades da Europa, ... leia mais
Gaudi Barcelona

casa battló e parque guell

Visitar Barcelona, sem dúvidas, é uma das grandes experiência que qualquer turista pode ter na Europa. Com tanta história e atrações, fica até difícil escolher por onde começar, mas a Casa Battló e o Parque Guell, são simplesmente dois desses lugares que não podem ... leia mais
Calrisse Praga

pelas ruas de praga

Uma visita para conhecer Praga, a bela capital da República Checa, vale qualquer preço, mas uma visita a Praga em dia de sol, simplesmente, não tem preço que pague. Como se não bastasse o nosso dia solar, ainda tivemos o privilégio de ter como guia a Clarisse ... leia mais

turismo europa – bairro de gracia, barcelona

Vivendo em Barcelona há mais de uma década, a designer brasileira Tati Guimarães é um exemplo de como um sonho pode ser construindo até tornar-se realidade. Ao desembarcar em Barcelona, com apenas 22 anos, muito talento e vontade de construir a sua vida ali, passo a passo, ela foi encontrando o espaço e reconhecimento para o seu trabalho e para a realização profissional. Ao assistir o vídeo ao lado, vendo as peças que ela desenvolve, sempre com a preocupação de utilizar materiais reutilizáveis, você vai entender porque as conquistas de Tati não aconteceram por acaso. Embora ela não mencione no vídeo, uma das peças apresentadas por ela foi simplesmente comprada pelo MOMA – The Museum of Modern Art – e recentemente ela foi destaque na Revista do El País, o principal jornal da Espanha e um dos mais respeitados no mudo. A primeira parte da nossa conversa acontece no escritório dela, o Ciclus, situado no tradicional Bairro de Gracia. Depois de falar um pouco da experiência dos primeiros anos em Barcelona, esperanças, experiências profissionais e mostrar alguns dos seus trabalho, Tati leva você para um passeio muito especial pelas ruas do seu bairro, demostrando, além de muita familiaridade, a paixão que a levou a escolher Gracia como lugar para morar e trabalhar. Gracia já foi um município autônomo, atee que em 1922, no período conhecido como Época da Expasão, passou a fazer parte de Barcelona. É um lugar aconchegante cuja beleza das ruas deve-se à bela arquitetura do seu casario tradicional. Um belo exemplo é a Calle Verde, muito arborizada, como o nome sugere, bares, lojas, que enchem os olhos e dão leveza a qualquer passeio. É na Calle Verde que também ficam os cinemas favoritos de Tati. Aqui e ali uma pracinha convidativa, que dá ao bairro a agradável atmosfera de cidade do interior, onde você pode sentar para uma cerveja com os amigos, um almoço, ou simplesmente para apreciar a paisagem, longe do stress de cidade grande. Numa delas, paramos para um almoço delicioso e educativo. Embora muita gente associe a paella à Espanha, a Tati deixa claro que na Catalunha o tradicional é o arroz negro, que é preparado com mexilhões, lulas, polvo e cozinhado na tinta do próprio polvo, o que lhe dá a aparência escura e origem ao nome do prato. Tudo isso faz desse vídeo algo muito especial, tanto para o turista que conhece apenas o lado cartão postal de Barcelona, a exemplo de lugares como o Parque Guel, a Casa Battló, Las Ramblas e museus, como para quem adora conhecer uma cidade com mais na intimidade.