tonico lemos auad
de la warr pavilion

A arte de Tonico Lemos Auad tem sido exibida em importantes galerias no Brasil e no lado de cá do Atlântico. Nascido em Belém do Pará, ele cresceu em São Paulo, para onde a família mudou quando Tonico tinha apenas 4 anos. A formação acadêmica foi na USP, onde ele estudou arquitetura. Em 1998 ele veio para Londres como o objetivo de estudar artes no Goldsmith College.

Como ele conta no vídeo acima, o desencadear dos acontecimentos fez com que ele permanecesse aqui. E, ao que parece, Londres deu um significativo impulso à arte de Tonico Lemos, materializada em esculturas e instalações que ele tem feito em importantes galerias da cidade.

De La Warr Pavilion

De La Warr Pavilion

Em Londres, ele também mantém o seu estúdio. Convidado pelo De La Warr Pavilion, Tonico organizou uma exposição que ocupa 3 salas desse exemplo da arquitetura moderna, localizado em Bexhill-on-Sea, na costa sudeste da Inglaterra.

arte de tonico lemos auad

Veja também:

O trabalho da ceramista Valéria Nascimento em Londres

O arte encontra a arquitetura e o meio ambiente

A exposição promove a integração de vários elementos, integrando a paisagem marítim ao projeto arquitetônico do De La Warr Pavilion. Ao apresentar os elementos que compõem cada instalação, Tonico mostra o quanto eles conversam entre si. Um exemplo está na sala que ele chama de “espaço para eventos e discussões”.

Ali, ele interferiu na própria arquitetura do prédio para criar uma maior conexão com o exterior.  A sala exibe a escultura “A moment of the Sky for Humans” e foi comissionada pelo De La Warr Pavilion para a exposição. É uma escultura produzida com plantas medicinais. Em uma estante, os livros contam com marcadores nas página referentes às plantas exibidas. Através desse jardim de ervas, as propriedades medicinais e o poder de cura das plantas são realçadas.

instalação de tonico lemos auad

Em outra sala, ele construiu uma instalação com pedras de calcário. Estas pedras, onde o artista interfere com cortes mais ou menos profundos, foram tirados de uma região da Inglaterra. Há milhões de anos atrás a região era território marítimo. Curioso ver como estas pedras dialogam com um poema de Pablo Neruda sobre a relação emocional do homem com a natureza.

instalação de tonico lemos auad na de la warr

Composição que leva à reflexão

O último espaço apresentado por Tonico convida à reflexão. Ele construiu paisagens com referências às 4 estações do ano com um único elemento: latas de diferentes origens. Montanhas, planícies, a chuva, o calor tropical e o frio estão ali representados em forma desse elemento estranho a tudo o que a gente associa à natureza. O elo comum entre cada estação é o fogo, que dá ao todo um ar de devastação.

exposição de tonico lemos auad

Como você pode ver, a arte de Tonico Lemos Auad não poderia abranger tema mais universal. São reflexões que acontecem, hoje, em cada ponto do planeta. Um planeta que, muitas vezes, parece gritar, parece pedir mais atenção, mais cuidado. Um planeta onde nada acontece isoladamente. A intenção do vídeo acima é ampliar um pouco a mensagem que o artista transmite através do seu ofício.

A sua opinião é muito bem-vinda. Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of

receba nossa newsletter
somos uma tv online
feita por brasileiros
em Londres e estamos
construindo um arquivo
inédito sobre a diáspora
brasileira na Europa.

info@canallondres.tv