alfama e ribeira
dois em um em lisboa

Alfama e Ribeira, em Lisboa, entraram no meu roteiro de viagem por mera casualidade. Fazia tempo que  eu não ia à cidade e não havia um retorno planejado. Foi um grata surpresa voltar ao lugar onde trabalhei, entre 1999 e 2001, e de onde so tenho boas lembrança.

A ultima visita havia sido em 2009. Um imprevisto com o voo que me levava de Londres ao Recife fez com que eu fosse obrigado a pernoitar e passar quase que o dia seguinte inteiro em Lisboa. A primeira coisa que me passou pela cabeça, ao descobrir da permanência involuntária, foi ligar para um grande amigo que vive na capital portuguesa, Paulo Diehl. Surpreso, ele imediatamente sugeriu um lugar para o reencontro: a Ribeira. Alfama  no dia seguinte.

metrô de lisboa

Com um celular na mão, resolvi registrar um pouco da cidade. estava curioso para descobrir porque Lisboa virou a cidade da moda. Alfama e Ribeira já eram lugares familiares. eu sabia que, enquanto Alfama ainda se mantinha quase a mesma, a Ribeira havia mudado muito, refletindo mais a Lisboa turística que tanto ouvia falar.

alfama lisboa

Alfama – Lisboa

Embora as imagens tenham sido captadas primeiro na Ribeira, acabei decidindo que fazia mais sentido começar o vídeo por Alfama. A razão é simples: passar do dia para a noite. Do hotel onde eu estava hospedado o acesso de metrô era muito fácil. Tava morrendo de saudade. Acredito que é impossível não se admirar Alfama.

Alfama Lisboa

Alfama – Lisboa

Ruas de Alfama

As ruas estreitas, as ladeiras, as casas com roupas penduradas na janela, estavam lá. Parecia a mesma Alfama do início dos anos 2000. Sei que muito se fala na expulsão de antigos moradores, por conta da especulação imobiliária, mas isso não era tão visível num passeio rápido.

alfama

Alfama

Por isso, concentrei a minha atenção ao que a memória me remetia: as pequenas tascas, o colorido das fachadas, a bela vista que Alfama proporciona dos telhados. Só uma coisa virava distração: a um certo ponto, o ir e vir de turistas não podia ser ignorado. Terminei o passeio na parte de baixo, em um pequeno bar bem na frente do Museu do Fado. E misturei cerveja com pastel de nata. Combina? Quando você está com muita saudade, sim.

Mercado da Ribeira

Mercado da Ribeira – Lisboa

Noite da Ribeira

Veio a noite e a vez de fazer um passeio pela Ribeira. Ao contrário de Alfama, ali, as marcas das mudanças pelas quais Lisboa tem passado estão bem pr. O símbolo mais visível e o mercado. Além de mudar o nome para TimeOut, ele ganhou uma roupagem moderna, com grandes mesas coletivas cercadas por lojas, bares, restaurantes, cafés. Tambéé perceptível o surgimento de uma arquitetura mais contemporânea na região.

ribeira

Ribeira – Lisboa

Nas ruas estreitas, muita gente jovem em busca de diversão. São muitas as casas antigas transformadas em clubes. em alguns deles as longas filas revelam o sucesso da nova Ribeira. era também um retrato do verão, com europeus de diversas nacionalidades tornando ainda mais viva a noite de Lisboa. Impossível deixar de notar a presença de muitos brasileiros. Fim de noite, me despedi do amigo e fui dormir. No dia seguinte, Alfama me aguardava.

Silvino Ferreira Jr. – Editor do Canal Londres

A sua opinião é muito bem-vinda. Deixe um comentário

receba nossa newsletter
somos uma tv online
feita por brasileiros
em Londres e estamos
construindo um arquivo
inédito sobre a diáspora
brasileira na Europa.

info@canallondres.tv