arte no parque
frieze sculpture

A Frieze Sculpture foi um show de arte no parque.

Motivos para visitar a Frieze Sculpture não faltaram. Primeiro pelas belas e, às vezes intrigantes instalações  em exibição. Mas, se isso não era suficiente, tinha também a galeria de arte onde aconteceu a exposição: o Regent’s Park, um dos mais belos parques londrinos.

Descubra mais:

Um passeio pela 18 Stafford Terrace, uma casa museu

Freeze Sculpture 2018 – arte no parque e para todos

A edição 2018 da Frieze Sculpture também teve uma atração extra: acontece em dos mais quentes verões que a capital inglesa viu nos últimos anos. Tudo isso merecia um registro em vídeo, claro. Neste caso, você tem uma companhia muito especial: Heloisa Righetto que, para quem acompanha o Canal Londres, dispensa apresentações.

Freeze Sculpture

A Frieze Sculpture aconteceu na área do parque denominada de English Gardens e foram distribuídas de uma forma que transformavam a visita em um passeio. São 25 instalações e cada uma delas tem o seu toque especial.

Freeze Sculpture

Heloisa Righetto – Freeze Sculpture

Enquanto acompanha Helô, você vai ter uma pequena amostra do conjunto dessas obras de arte no parque e ter uma ideia do que cada uma delas despertou em nossa apresentadora. O bom é que cada uma delas podia gerar sentimentos distintos em cada um dos visitantes. Dependendo muito do seu olhar e estado de espírito.

arte no parque

Heloisa Righetto

A primeira instalação com a qual Helô se deparou foi uma casinha amarela. À primeira vista, pelo seu aspecto lúdico, parecia simplesmente uma casinha de brinquedo. Mas a casa amarela tinha uma mensagem que ia um pouco além: ela era uma referência à crise habitacional que acontece em Londres e na Inglaterra.

Freeze Sculpture

O interessante na segunda instalação, sempre do ponto de vista da nossa guia, é que você poderia passar pelo conjunto de bandeirinhas e nem se tocar que elas eram parte dessa mostra de arte no parque. Arte moderna tem essa característica: às vezes nem parece arte. Ou é arte para alguns e nem tanto para outros. A instalação seguinte tinha mais cara de arte no sentido mais tradicional, embora fossem esculturas sem cabeça.

Heloisa Righetto

Heloisa Righetto

À medida em que avança, o nosso vídeo vai mostrando que cada instalação dessa festa de arte no parque só não paga qualquer visita por uma razão: você, simplesmente, não precisa pagar. 

arte no parque

E essa é uma razão muito forte para se curtir Londres, como diz Heloisa Righetto: a cidade oferece muito acesso à arte, de graça. Quando se junta ao fato de ser uma cidade de parques belíssimos, o que você quer mais? De certa forma, o nosso vídeo acima também é isso: acesso à arte, sem nenhum custo. 

 

 

 

 

A sua opinião é muito bem-vinda. Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of

receba nossa newsletter
somos uma tv online
feita por brasileiros
em Londres e estamos
construindo um arquivo
inédito sobre a diáspora
brasileira na Europa.

info@canallondres.tv