siga-nos no facebook >

canallondres

brasileiras pelo mundo
encontro em londres

Nem mesmo a criadora do Brasileiras Pelo Mundo,  Ann Moeller, esperasse que a iniciativa que ela tomou em 2012 fosse fosse ganhar as dimensões que esse belo projeto tomou. 5 anos depois, a ideia, que começou com cerca de 15 mulheres escrevendo para o blog e trocando experiências sobre a vida fora do Brasil, o BPM conta com milhares de artigos, com mais de 130 colunistas falando sobre os paises onde vivem. A plataforma se transformou em uma referência mundial para toda mulher brasileira, independente de onde ela esteja.

brasileiras pelo mundo

Descubra mais:

Duas brasileiras e o projeto Conexão Feminista

Uma rede internacional de mulheres brasileiras

No início, como revela Ann no vídeo acima, o foco era a troca de informações sobre a carreira profissional, mas ela logo percebeu que seria melhor direcionar para um intercâmbio de experiências de acordo com os países onde cada uma residia. A prova do acerto nesta mudança de direção é inegável: Hoje, as mais de 130 colunistas do Brasileiras Pelo Mundo escrevem, trocam informações e ajudam brasileiras que já vivem ou sonham em viver fora do Brasil.

brasileiras pelo mundo

Mulheres Pelo Mundo – conexão de interesses, ideias e objetivos

A diversidade e o número de colunistas faz com que o BPM possa atuar em diferentes áreas de interesse das mulheres: trabalho e carreira no exterior, educação dos filhos, processos legais para obtenção de vistos, violência contra as mulheres, entre outros. É uma plataforma que mostra que, em um mundo ainda dominado pelos homens, as mulheres sabem que só é possível mudar quando elas mesmas assumem o comando do próprio destino.

brasileiras pelo mundo

Feminina e feminista

Ao mesmo tempo, projetos como o Brasileiras Pelo Mundo são mais uma prova de que está totalmente enganado quem pensa que o feminismo é algo localizado ou puro idealismo na cabeça de algumas mulheres. O feminismo é um movimento que já mudou e continua mudando a face do mundo. As mulheres em diferentes partes do planeta estão mostrando que não aceitam mais o segundo plano nas decisões pessoais, de família, no trabalho e na política. Estes são comportamentos e visão do mundo condenados ao passado.

brasileiras pelo mundo

Em nosso vídeo acima, você vai ter a oportunidade de descobrir um pouco mais sobre o Brasileiras pelo Mundo através dos depoimentos de Ann Moeller e mais 4 colunistas do site: Cristiane Leme, Maila-Kaarina Rantanen, Ana Dietmüller e Melissa Alfeu. Elas se juntaram a dezenas de brasileiras que vivem em diferentes países europeus para este terceiro encontro, que celebrou os 5 anos desse projeto tão especial.

 

 

 

crece pelo