cabine telefônica de londres
história e curiosidades

A famosa cabine telefônica de Londres é um dos ícones da cidade. Reconhecida em todo mundo, a primeira curiosidade a respeito desse símbolo londrino é que o design dela foi inspirado em um mausoléu (foto abaixo). Ela foi lançada, em 1936, para celebrar o jubileu de prata do Rei George V, avô da Rainha Elizabeth II. Vamos conhecer um pouco dessa história?

inspiração da cabine vermelha

Mausoléu que inspirou o design da cabine vermelha – St Pancras Churchyard

Cabine telefônica de Londres – o criador do design

Sir Giles Gilbert Scott acabara de ser nomeado como administrador do Museu Sir John Soane, em 1924, quando foi convidado a fazer parte de uma competição que escolheria o formato da cabine telefônica. Ele escolheu um desenho em estilo clássico e usou o mausoléu do Sir John Soane, na St Pancras Churchyard, como inspiração. Se o desejo de Gilbert Scott tivesse prevalecido, hoje, a cabine telefônica de Londres teria outra cor: prata, por fora, e verde azulado, por dentro. Foi o General Post Office, a empresa responsável pelos correios e telecomunicaçõesque decidiu pela cor vermelha.

Giles Gilbert Scott também é conhecido por ter projetado duas estações de energia: a de Battersea, que passa por um processo de transformação e se tornar um grande centro de compras; já a segunda abriga a Tate Modern.

cabine vermelha

Mudanças ao longo do tempo

O General Post Office, ou GPO, como era conhecido, foi criado pelo Rei Charles II em 1660, para administrar os correios e as telecomunicações do Reino Unido e nos territórios do Império Britânico.  Em 1969, ele foi fechado e os bens passaram a ser geridos pelo Post Office (correios). Isso durou até 1980, quando as telecomunicações passaram para a British Telecom que, assim, passou a ser proprietária das cabines telefônicas de Londres. A rede de cabines vermelhas chegou a contar com 92 mil unidades espalhadas pelo país. Hoje, este número está reduzido à metade.

cabine vermelha transformada em café

Café em Hampstead

O celular e a cabine de telefone vermelha

O uso do celular e outros dispositivos móveis foi uma pá de cal na importância da cabine telefônica. Além da grande redução numérica, muitas estão depredadas. Por outro lado, um programa de reutilização, criado pela British Telecom, BT, tem dado novo fôlego às mesmas. Como símbolo muito identificado à paisagem londrina, ela já não corre o risco de sumir totalmente. Tem sido comum ver cabines transformadas em caixas eletrônicos e pequenas bibliotecas, por exemplo. Em Hampstead, norte de Londres, uma delas (foto acima) funciona como um café.

escultura com cabines telefônicas

Instalação de David Mach – Foto: Teno Silva

Inspirando artistas e ajudando a salvar vidas

E a famosa cabine telefônica de Londres também tem inspirado a imaginação de artistas. Um exemplo foi a instalação criada por David Mach, em Kingston. Ele usou as cabines vermelhas como peças de dominó gigantes. Se este é um exemplo de exercício artístico, há também a utilização da cabine para instalação de desfibriladores em locais de fácil acesso, em pequenos vilarejos do interior. Assim, em caso de urgência, é possível salvar vidas que dependem de um socorro que pode chegar tarde demais. A iniciativa é uma parceria da ONG Community Heart Beat e a British Telecom.

quisque de wi fi

Quiosque HI Fi

De cabine de telefone a quiosque digital

Ao mesmo tempo em que é reciclada e usada para outros fins, a cabine telefônica também tem evoluído para acompanhar as mudanças da era digital. A BT tem substituído várias delas por quiosques, que disponibilizam Wi Fi para a população. Como você pode ver na foto acima, a tradicional cor vermelha também ficou no passado.

cabine Vermelha

Museu de Londres

E por falar em passado, independente da criatividade que tem ajudado a estender a vida da cabine telefônica de Londres, ela também já tem o seu lugar garantido em museus. Ao visitar o Museum of London, por exemplo, você vai se deparar com uma delas. Ali, este ícone londrino tem o seu lugar na história da cidade bem preservado.

A sua opinião é muito bem-vinda. Deixe um comentário

receba nossa newsletter
somos uma tv online
feita por brasileiros
em Londres e estamos
construindo um arquivo
inédito sobre a diáspora
brasileira na Europa.

info@canallondres.tv