carol bensimon
em conversa literária
com guilherme perdigão

Carol Bensimon é uma das novas vozes da literatura brasileira.

Por razões diferentes, Carol Bensimon e Guilherme Perdigão vivem fora do Brasil. Ela mudou-se, em 2018, para a pequena Mendocino, na Califórnia; enquanto Guilherme ensina português na Faculty of Medieval and Modern Languages, daUniversidade de Oxford, Inglaterra. O encontro dos dois aconteceu na Embaixada do Brasil em Londres, onde a conversa girou em torno da obra literária de Carol.

carol bensimon

Descubra mais:

A escritora Nara Vidal fala de Sorte, seu primeiro romance.

Carol Bensimon – de publicitária a escritora premiada

Antes de assumir a condição de escritora, Carol foi publicitária. Em Porto Alegre, onde nasceu, depois que se descobriu escritora, preparou-se fazendo oficinas literárias. Também fez um mestrado em Escrita Criativa, na PUC do Rio Grande do Sul. Em 2008, lançaria o seu primeiro livro, Pó de Parede, pela Não Editora. Carol tem 5 livros publicados e, em 2018, O Clube dos Jardineiros de Fumaça, seu livro mais recente, ganhou o Prêmio Jabuti, na categoria romance.

Clube dos Jardineiros de Fumaça

Reconhecimento merecido

Em 2012, Carol Bensimon já aparecia entre os 20 nomes escolhidos pela respeitada Revista GRANTA, como os melhores escritores jovens brasileiros. Também já havia sido finalista, em 2009, com Sinuca embaixo d’água, nos Prêmios São Paulo de Literatura, categoria estreante,  e Jabuti, categoria romance. Todo esse reconhecimento a coloca como uma das vozes femininas mais em evidência na literatura brasileira atual.

Carol Bensimon

Carol Bensimon

Carol Bensimon, Guilherme Perdigão e o leitor

O encontro com Guilherme Perdigão, em Londres, foi uma excelente oportunidade para que brasileiros, britânicos e europeus conhecessem um pouco sobre a autora e a sua obra literária. Na entrevista concedida para o Canal Londres, Guilherme destaca alguns aspectos do trabalho de Carol. Um exemplo é a capacidade que ela tem de construir personagens femininas que são, ao mesmo tempo, complexos e fascinantes.

Guilherme Perdigão

Guilherme Perdigão

O público que teve a oportunidade de presenciar o encontro, teve acesso a informações preciosas sobre a formação de Carol Bensimon, os temas abordados em seus livros, a forma como  desenvolve personagens e histórias. Essa panorâmica, certamente, despertou, naqueles que ainda não a conheciam, o interesse pela obra que ela vem construindo. Isso ficou evidente na participação da audiência quando, sob a moderação de Guilherme Perdignao, o encontro foi aberto para perguntas à autora.

carol bensimon

Clube dos Jardineiros de Fumaça

Em nosso registro desse encontro muito especial, além de descobrir mais sobre o universo literário de Carol Bensimon, você vai ouvir um trecho de Clube dos Jardineiros de Fumaça, lido pela própria Carol. É um livro que começou a nascer quando ela visitou Mendocino pela primeira vez, e descobriu que a economia da cidade gira em torno do cultivo legal de maconha.

O que, inicialmente, chamou a atenção de Carol foi a invisibilidade desse aspecto na vida da cidade. Desse ponto de partida, ela construiu uma história com um protagonista masculino, mas que, segundo Perdigão, tem o protagonismo roubado por duas personagens femininas, invertendo a lógica mais frequente nas histórias literárias.

conversa literária

No panorama atual da literatura no Brasil e em outras partes do mundo, as vozes femininas estão conquistando espaços que, antes, eram territórios quase que exclusivamente masculinos. Mais que uma mera tendência, isso reflete o novo lugar que as mulheres têm reivindicado em todas as esferas da sociedade. Com a visão feminina mais presente, ganha não apenas a literatura, mas todas as esferas das relações entre as pessoas.

A sua opinião é muito bem-vinda. Deixe um comentário

receba nossa newsletter
somos uma tv online
feita por brasileiros
em Londres e estamos
construindo um arquivo
inédito sobre a diáspora
brasileira na Europa.

info@canallondres.tv