cidade velha de genebra

Situada no alto de uma colina, a Cidade Velha de Genebra, Vieille Ville, é o lugar onde Genebra nasceu. Depois de nos apresentar o Lago Léman e o famoso Jet d’Eau, a brasileira Moira Versolato leva você para conhecer este lugar que não pode faltar na sua visita à cidade. Mas antes de chegar lá, Moira deixou algumas dicas importantes pelo caminho, principalmente em relação ao transporte público. Bem diferente do nosso ai no Brasil, acredite.

tram em genebra

Descubra mais:

Um passeio pelas ruas de Lisboa

Transporte Público de Genebra

Para chegar ao pé da colina que nos levaria à Cidade Velha de Genebra, pegamos um ônibus. Já na parada, Moira mostra o quanto o transporte público na cidade funciona. A pontualidade é um dos destaques. m cada parada, você tem um display mostrando o horário que o próximo ônibus vai passar. E ele chega na hora. Dentro do ônibus, você logo percebe que está em uma cidade onde o respeito é uma palavra de ordem. Há todo um código de etiqueta que os passageiros seguem para fazer com que o serviço seja mais eficiente. Deixar que as pessoas saiam para só depois embarcar é um desses códigos.

place du moulin genebra

Place du Moulin

Antes de começar a subir a colina onde foi construída a Cidade Velha de Genebra, vale a pena parar e conhecer a Place du Moulin. É um lugar que faz lembrar que Genebra é mais que uma das principais cidades da Suíça, porque é também uma das sedes das Organizações das Nações Unidas, a ONU. O detalhe para o qual Moira chama a atenção está no chão: aqui e ali, você vai encontrar um ladrilho com palavras de boas vindas, nos 6 idiomas oficiais da ONU. E tem também a dica da hora que eles ficam mais visíveis e chamam mais atenção.

catedral de genebra

Cidade Velha de Genebra

Logo no início da subida, Moira destaca os aspectos da arquitetura da Cidade Velha que estão relacionados à religião calvinista. É um arquitetura sólida, compacta, sisuda. Em seguida, ela faz uma parada diante da Catedral de Genebra, a Cathédrale de Saint Pierre. É uma edificação que foi erguida originalmente como igreja católica e passou a ser uma igreja protestante no século XVI.

casa de jean jacques rousseau

A casa do filho ilustre

Além de algumas curiosidades que Moira vai relatando no caminho, passamos também pela Prefeitura de Genebra e paramos na frente de um dos filhos ilustres da cidade, o pensador Jean Jacques Rousseau. Uma placa na frente da casa mostra o dia 28 de junho de 1712 como ano de seu nascimento. O local foi transformado em um museu, com o nome de Maison de Rousseau et de la Littérature.

moira versolato em genebra

Moira Versolato

Depois do passeio veio a parada final: bateu aquela fome e Moira nos levou a um restaurante local. Ali, ela deixou a dica final para o turista brasileiro que for a Genebra: o vinho branco da cidade é de excelente qualidade. Então, salut!

crece pelo