leste europeu – budapeste

um passeio com henrique jr

Entre as cidades do leste europeu, algumas têm se destacado como destino turístico de brasileiros. Durante muito tempo, se falou muito em Praga. Dava a ideia de que era a única cidade que merecia entrar no roteiro de quem viajava para o leste da Europa. Isso mudou. Um grande exemplo é Budapeste. A capital húngara tem sido um dos destinos prediletos de quem quer fazer uma viagem para um lugar que tem beleza, gente acolhedora e história.

henrique junior em budapeste

Henrique Jr

Hotéis em Budapeste

A nova face do Leste Europeu

Em nossa viagem à cidade, descobrimos uma cidade que a gente não imaginava. Também tivemos a sorte de conhecer brasileiros apaixonados pelo lugar onde moram. Eles nos mostraram por que a capital da Hungria cativa tanto. Um desses brasileiros chama-se Henrique Jr. Encontramos Henrique logo no primeiro dia na cidade. Ele fez parte, com mais dois brasileiros, do vídeo que produzimos mostrando os Ruins Bar na noite de Budapeste. É ele o nosso guia no video acima.

ponte chain em budapeste

Henrique foi para a Hungria jogar futebol. A paixão pela cidade fez com que ele ficasse, depois de ter encerrado a carreira. Lá se vão mais de uma década e a admiração continua intacta. Surpreendentemente, ele também teve a oportunidade de começar uma nova carreira, como ator. No vídeo, você terá a oportunidade de ouvir um pouco dessa história, nos percursos entre um e outra atração que ele recomenda para quem vai fazer turismo em Budapeste. Vamos ao roteiro.

centro de budapeste

Veja também:

2 videos do Canal Londres produzidos em Praga.

Mas antes de embarcar por este passeio inesquecível, vale a pena lembrar um ponto: você vai passear pelo lado Peste da cidade. Como você sabe, a cidade é formada por Buda e Peste, com as águas do Danúbio no meio. Como encontramos Henrique no lado Buda, você começa o vídeo atravessando a Ponte Chain, um dos cartões postais da cidade. De carro, seguimos direto para o coração de Peste.

piscina no centro de budapeste

A primeira parada é no Bar Aquarius. Ele fica bem no centro de Peste. É o ponto onde os meios de transporte da cidade se cruzam. Mas é também um ponto de encontro dos húngaros. Na praça, existe uma grande piscina e, nos dias de verão, é um excelente programa ao ar livre. Para refrescar, além da piscina, os locais recorrem a uma bebida típica da terra: vinho com soda.

monumento 1956 budapestes

Monumentos, Heróis e Castelos em Budapeste

Depois dessa introdução, seguimos caminho pela rua mais importante da cidade, a Avenida Andrássy. É uma rua que concentra as lojas de grife, a Ópera de Budapeste, cafés, bares e restaurantes sofisticados. O nosso destino é a Praça dos Heróis. Mas antes dela, Henrique leva você para conhecer o Monumento de 1956, que celebra a revolta vitoriosa organizada por estudantes húngaros, contra a opressão do regime soviético. Além da beleza, a concepção do monumento é simplesmente maravilhoso. São vigas que, na parte de trás, estão separadas e vão se juntando, até formar um bloco sólido, e pontiagudo, na extremidade frontal. Uma maneira simples e poderosa de mostrar o quanto a união faz a força.

praça dos heróis budapeste

Henrique Jr

A poucos passos do monumento está a Praça dos Heróis. Ela é uma celebração aos fundadores e personalidades que desempenharam um papel fundamental na história e formação do país. Destaque para as estátuas perfiladas com os 7 líderes das tribos que formaram a Hungria. No centro, fica o Memorial do Milênio, que sustenta o Arcanjo Gabriel em seu topo. Nos dois lados da praça estão o Museu e o Palácio de Belas Artes.

museu da agricultura budapeste

A nossa próxima atração é o Museu Magyar Mezogazdasagi, cuja tradução aproximada seria Museu da Agricultura. Ele fica bem às margens de um lago que os húngaros usam como pista de patinação no inverno, quando ele congela. No verão, ele torna–se uma excelente opção de lazer. O castelo tem uma inspiração inusitada: ele foi projetado a partir de outros castelos húngaros. Juntos, eles formam o Magyar Mezogazdasagi.

museu da agricultura budapeste

Uma homenagem anônima

Uma da principais atrações dentro do Magyar Mezogazdasagi é a estátua do Anonimus. Como o nome sugere, ninguém sabe quem ele foi realmente. Há pistas, como diz Henrique, mas o mais importante são os textos que ele escrevia e que se tornaram patrimônio da literatura húngara. Existe o hábito de se tocar na ponta da caneta que ele segura entre os dedos. acredita-se que esse gesto traz sorte. Nunca é demais contar com ela.

estatua do anonimus budapeste

Os banhos termais são outra grande atração na capital húgara. Com Henrique, você vai descobrir onde fica a maior das piscinas térmicas da cidade,  a Széchenyi Fürdő. Mesmo que você não esteja interessado, vale a pena ir só pela beleza da arquitetura e dos jardins desse lugar. É a nossa última atração neste passeio cuja intenção é mostrar porque esta é uma das cidades do leste europeu que merecem um espaço da sua agenda de turista.

széchenyi fürdő

Dali, a gente acompanha Henrique para uma cerveja. Vale a pena acompanhá-lo, porque ele conta uma história deliciosa, antes de dar o primeiro gole na merecida cerveja. É um belo final por esta bela cidade do leste da Europa