cinema independente em londres
lost tango, de jörg wagner

a vida longe de casa

Embora o nome não entregue, Jörg Wagner é brasileiro e vive há mais de duas décadas na capital inglesa. Já Márcio Mello, de nome bem brasileiro, também tem em comum o fato a experiência de viver por um longo período longe das origens. Outro ponto que os une é que ambos têm se aventurado como produtores de cinema independente em Londres.

Enquanto Jörg é um estreante, Márcio já é nosso conhecido aqui no Canal Londres, onde ele aparece nos vídeos que produzimos sobre as montagens teatrais de “O Beijo no Asfalto” e “Put that in your pipe and smoke it”, de Anton Chekhov.

Mas além da longa experiência londrina, o que os une neste vídeo é o cinema, paixão através da qual eles se conheceram. Diretor do filme Lost Tango”, juntamente com Karine Chevalier, Jörg Wagner, que também escreve, produz, edita e ensina cinema, convidou Márcio para participar do projeto. Desde então toram-se amigos.

A estória gira em torno de 3 personagens, Jota, interpretado por Márcio, Tereza, personagem da atriz brasileira Teresa de Araújo, e Marianne, imigrante francesa, vivida por Claire Dodin. Vivendo como estrangeiros, os 3 são unidos pelos conflitos, as carências e a busca da própria identidade, em meio à solidão de cada um deles.

Mas a entrevista, realizada no aconchegante espaço brasileiro do Katavento Cafe, em Wimbledon’s Merton Abbey Mill, é uma agradável e descontraída conversa em torno do tema do filme, mas também uma reflexão sobre o que é fazer cinema em Londres, um desafio, mas também uma agradável aventura em torno do prazer de contar estórias e que, por isso, não pode se prender ao lado mercadológico da indústria cinematográfica.

E aí talvez a gente encontre uma grande semelhança com o que a gente vem fazendo nos últimos anos: registrando essa grande aventura que é viver longe do país de origem através da experiência de brasileiros aqui e na Europa.