transporte público em londres

Saber como usar o transporte público em Londres é fundamental.

Isso vale para quem vive na cidade e para quem a visita. A primeira coisa a saber é que o transporte público funciona. Claro que não é perfeito, mas é muito fácil andar e se locomover pela cidade. Além de ser muito bem sinalizada, do carro à bicicleta, você tem à sua disposição todos os meios de transportes. Vamos começar pelo met, o mais antigo do mundo, com mais de 150 anos.

Saiba mais:

As principais estações de trem e metrô de Londres

A primeira coisa a fazer é adquirir o tradicional mapa do metrô londrino.  Você pode fazer isso em qualquer estação. Também em  lojas e centros de informações turísticas espalhadas pelo centro da cidade.

transporte público em londres

Kleber Saúde

Transporte público em Londres – Da bike ao barco

O metrô cobre quase toda a cidade, mas onde ele não chega você pode ir de trem de superfície comum. Tem também o metrô de superfície, chamado de  “London Overground” e o DLR, “Docklands Light Railway.” A grande vantagem do Metrô e do trem é que são mais confiáveis quando você não pode correr o risco de chegar atrasado.

Já para o turista que quer conhecer mais a cidade, a melhor opção ir de ônibus. Uma dica especial é a seguinte: sempre que possível ir na parte superior do ônibus de 2 andares. Ele é chamado “Double Decker”, e oferece uma visão privilegiada das ruas da cidade. De tão peculiar, tornou-se um ícone londrino.

Para quem curte pedalar, a capital inglesa agora tem as bicicletas públicas. Elas estão espalhadas por grande parte da cidade. Basta você seguir as instruções que encontra em cada estação de bikes. Se você é turista, o melhor é usar o seu cartão de crédito, mas também existe a opção de se pagar online.

Em alguns casos, você também pode ir de barco. Ele é perfeito para um belo passeio pelo rio Tâmisa. Claro que, se você tem condições, pode também alugar um carro. Só não deve esquecer de acrescentar a previsão de despesas extras com taxa de congestionamento. |De segunda a sexta, entre 7 da manhã e 18h, você paga se o seu carro entra na área chamada de “Congestion Zone”. Por outro lado,  estacionamento não é barato. Se você precisar estacionar no centro, prepare o bolso.

Outra coisa: a capital londrina é uma cidade antiga. Consequentemente, tem muita ruas construídas para o tempo das carruagens. Isso dificulta na hora de encontrar vagas para estacionar. Por último, mas não menos importante, existem vários roteiros bacanas que você pode fazer a pé.

A sua opinião é muito bem-vinda. Deixe um comentário

receba nossa newsletter
somos uma tv online
feita por brasileiros
em Londres e estamos
construindo um arquivo
inédito sobre a diáspora
brasileira na Europa.

info@canallondres.tv