covent garden
arte, mercado e compras em londres

Covent Garden, região situada é mais que uma região situada no centro de Londres: é um lugar feito para quem curte arte, compras ou simplesmente passear. A primeira facilidade que Covent Garden oferece é a sua localização.

Só para você ter uma ideia, além da estação de mesmo nome, 4 outras ficam de 5 a 10 minutos do Mercado de Covent Garden: Charing Cross, Leicester Square, Piccadilly Circus e Holborn. Mas este é apenas um dos motivos para um bom passeio por lá. Há muitos outros.

estação de covent garden

Descubra mais:

Trafalgar Square a praça mais central de Londres

Mercado de Covent Garden

Não é por acaso que o Mercado de Covent Garden tem o mesmo nome da região. De certa forma, um é a extensão do outro. Um passeio por lá só é completo se você conhece o mercado por dentro e em torno dele.

Na parte interna tem muita opção de compra: artigos para casa, objetos de decoração, roupas, acessórios. Também tem restaurantes e um pub. Na hora do almoço tem sempre um grupo musical se apresentando. O lado de fora e outra festa.

mercado de covent garden

Arte e artistas de rua

Em volta do mercado, principalmente na parte da frente e nos fundos, as ruas são transformadas em palcos para artistas de rua. Tem malabarista, homem-estátua, música, dança. Alguns artistas conseguem juntar uma multidão em torno de suas performances. Outros, parecem heróis solitários em busca de algum reconhecimento. Uma coisa, porém, eles têm em comum: graças a todos eles, a arte de rua tornou-se uma das principais atrações de Covent Garden.

artista de rua em covent garden

Grifes famosas, roupas vintage e loja da Apple

O mercado é apenas uma das opções da região para quem curte fazer passear e fazer compras. Covent Garden é o paraíso para quem curte moda. Você vai encontrar lojas das mais famosas grifes, uma ao lado da outras.

Quem curte um brechó, vai encontrar belas lojas para comprar roupas vintage. Saindo do universo da moda, uma dos pontos de compra mais frequentados é a bela loja da Apple. Vale a pena entrar mesmo que seja só para olhar.

loja da apple

Museu do Transporte

Outra grande atração de Covent Garden é o Museu do Transporte, que fica bem ao lado, em uma das ruas laterais do mercado. Infelizmente, ao contrário da maioria dos museus londrino, você tem que pagar para entrar.

museu do transporte

Royal Opera House

Quando a gente afirmou que esta é uma região onde não falta espaço para a arte, não estava brincando. São muitos os teatros londrinos que ficam em Covent Garden. Entre todos eles, o maior destaque vai para o teatro da Royal Opera de House, casa do Royal Ballet, Royal Opera, Royal Orchestra e Royal Chorus.

royal opera house

Foto: Peter Suranyi

Covent Garden e Alfred Hitchcock

Covent Garden é um lugar muito familiar para um dos maiores diretores de cinema de todos os tempos: Alfred Hitchcock. O pai dele foi um vendedor de frutas no mercado e o que se diz é que ele adorava aquele ambiente, quando era criança.

Ele também usou uma casa situada em Covent Garden como cenário de um dos seus mais aclamados trabalhos: Frenzy, o penúltimo filme da longa carreira de Hitchcock. Não é pouco, é? Mas, acredite, tem muito mais coisas interessantes neste pedaço de Londres, que você vai descobrir em cada esquina durante o seu passeio.

 

A sua opinião é muito bem-vinda. Deixe um comentário

receba nossa newsletter
somos uma tv online
feita por brasileiros
em Londres e estamos
construindo um arquivo
inédito sobre a diáspora
brasileira na Europa.

info@canallondres.tv