culinária do pará no exterior
como fazer maniçoba

A culinária do Pará é cada vez mais conhecida no exterior.

Na verdade, toda a cultura do norte brasileiro tem despertado o interesse de brasileiros e estrangeiros. É até surpreendente que tenha demorado tanto. Isso porque o mundo sempre teve os olhos voltados para a Amazônia. Talvez, de tanto olhar apenas para alguns aspectos dessa região tão rica, o mundo não percebeu que ela vai além da floresta. Mas antes tarde que nunca.

Descubra mais:

A cozinha Nikkei de um brasileiro em Londres.

Um representante da culinária do Pará no exterior

Entre tantas manifestações culturais dessa região que parece tão distante até para os brasileiros, a culinária merece uma atenção especial. Por isso, convidamos Jorge Baumhauer da Silva para protagonizar o vídeo acima. Jorge é Chef de Cozinha e saiu do Pará na década de 80.

culinária do pará no exterior

Jorge Baumhauer da Silva

Mas até chegar à capital londrina foi uma longa caminhada. Este trajeto ele narra enquanto prepara um dos pratos mais tradicionais do estado onde nasceu. Um prato que, de certa forma, é um carro-chefe da divulgação da culinária do Pará no exterior. Estamos falando da maniçoba.

folha de mandioca para maniçoba

Maniçoba – a feijoada sem feijão preto

A maniçoba é a feijoada paraense. É um prato indígena. Mais que isso, como afirma Jorge, talvez o mais indígena dos pratos paraenses. Existem duas grandes diferenças entre a feijoada que todo brasileiro conhece e maniçoba: enquanto a mais conhecida usa o feijão preto, a maniçoba tem a folha de mandioca; a feijoada nacional leva horas de cozimento, enquanto que a maniçoba leva dias. Pode levar até 7 dias, pode acreditar. Por isso não é um prato que se prepare a toda hora. É reservado para momentos de celebração.

preparar maniçoba

Enquanto prepara este prato tão especial, Jorge também narra a trajetória pessoal. Você vai descobrir muita coisa sobre ele. O interesse pela cozinha começa durante o período em que serviu o exército. Ao dar baixa, como se diz, ele procurou se aperfeiçoar. Fez curso no SENAC e começou uma carreira que o levou a trabalhar em grandes hotéis. Passou pelo Hilton e Sheraton, por exemplo.

Foi trabalhando no Hilton, ainda em Belém, que mudança para a Inglaterra começou a ser desenhada. Ali, aproveitando um programa do hotel para os funcionários, ele começou a estudar inglês.

culinária do pará

Jorge Baumhauer

O grande salto

Em São Paulo apareceria a chance do salto para uma vida fora do Brasil. Jorge aproveitou a oportunidade e começou uma nova etapa na vida. Aqui, ele voltou a estudar e trabalhou em diversos hotéis e restaurantes. A nossa conversa com ele ocorreu no momento em que Jorge começa uma nova etapa. Através da própria empresa, a Passports Spices Supper Club, ele promove jantares privados, onde ele determina o menu.

Isso proporciona aos participantes novas experiências gastronômicas. Ao mesmo tempo, geram oportunidades para expandir o conhecimento da cozinha paraense no exterior. Um exemplo: recentemente, Jorge participou de um Supper Club que promovia o encontro da culinária brasileira com a indiana. Como ele diz, é uma nova fase, uma volta às raízes. Uma volta pra casa no sentido emocional.

preparando maniçoba

Food Styling

Além das atividades típicas de um Chef, Jorge também atua em outra área: “Food Styling”. Em outras palavras, a arte de preparar pratos para fotos e filmagens. Quem trabalha com alimentos sabe o quão importante é a aparência de um prato.

Um prato bonito abre o apetite. Um prato que causa estranheza aos olhos, mesmo saboroso, pode causar uma rejeição à primeira vista. Pela forma como Jorge preparou o nosso prato de maniçoba, você já vai ter uma ideia da importância do “Food Styling.

maniçoba

Agora que você já conhece um pouco do que se trata o nosso vídeo acima, chegou a hora de ouvir de quem é “expert” no assunto. Veja como se prepara esse prato típico da culinária paraense e conheça mais sobre a história de um brasileiro vencedor.

A sua opinião é muito bem-vinda. Deixe um comentário

avatar
1 Comment threads
3 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
2 Comment authors
canal londresThiago Diniz Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Thiago Diniz
Visitante
Thiago Diniz

Por favor onde acho o contato do Jorge? Sou de Belem tbm e vivo em Aberdeen na Escocia e estou morrendo de saudade de uma boa manicoba ainda mais nessa epoca que em Belem o cheiro da maniva esta em todos os cantos da cidade.

Valeu Canal Londres

receba nossa newsletter
somos uma tv online
feita por brasileiros
em Londres e estamos
construindo um arquivo
inédito sobre a diáspora
brasileira na Europa.

info@canallondres.tv