exhibition road
e a grande exposição
de londres 1851

A Exhibition Road, Rua da Exposição, é um lugar muito peculiar na capital londrina.

Seu nome deriva da Primeira Grande Exposição de Londres, que aconteceu em 1851. Localizada em South Kensington, a rua atraí turistas do mundo inteiro por ser endereço de 3 dos mais importantes museus da cidade: Victoria and Albert, Museu de História Natural e o Museu da Ciência.

Muitos dos turistas que por ali trafegam, no entanto, desconhecem a ligação entre a rua e a Grande Exposição de 1851. Em nosso vídeo, acompanhamos a nossa guia credenciada, Vania Gay, do início, bem próxima à estação de metrô de South Kensington, ao fim da Exhibition Road. Ao acompanhar Vania, você vai, ao mesmo tempo, descobrir uma história fascinante e os seus principais personagens.

exhibition road

Exhibition Road

Exhitibion Road – uma rua e seus museus

Logo no início, uma explicação útil: a Rua das Exposições, traduzindo para o português, tem uma parte exclusiva para pedestres. É um pedaço onde, além de andar sem preocupação com o movimento dos carros, há muita opção de cafés, com mesas na calçada e no meio da rua. Ao chegar no primeiro cruzamento da Exhibition Road com a Cromwell Road, você se depara com o Museu de História Natural, à esquerda, e o Victoria and Albert à direita.

museu de história natural

Museu de História Natural

O prédio do Natural History Museum é uma impressionante catedral romanesca, que, como ressalta Vania, é uma homenagem ao mundo natural. Só a construção, decorada em terracota azul e amarela, e esculpida com espécies animais, o prédio é, em si, uma atração à parte.  Já o acervo também impressiona: mais de 70 milhões de itens, nem todos em exposição, obviamente.

Victoria and Albert Museum

Victoria and Albert Museum

Ai, basta virar pra o outro lado e você se depara com o Victoria and Albert Museum. Trata-se, simplesmente, do maior museu de arte decorativa do mundo. São mais de 5 milhões de peças: quadros, esculturas, tapetes, arte oriental e tudo o que você imaginar em termos de arte decorativa. O nome é uma homenagem à Rainha Victoria e ao seu marido, o Príncipe Albert, um dos grandes responsáveis pelo sucesso da Grande Exposição de Londres, em 1851. O museu, na verdade, é fruto direto da exposição.

Vania Gay

Vania Gay e nova entrada do Victoria and Albert

Depois de andar mais alguns metros, vale a pena parar e conhecer a nova entrada do Victoria and Albert Museum, na Exhibition Road. É um projeto belíssimo de restauração do portão original, bombardeado na segunda guerra mundial. A nova entrada foi inaugurada em 2017.

Mais à frente, você pode admirar uma parte original do museu, com arquitetura típica da era vitoriana. Os mais atentos vão notar uma placa com o nome de Henry Cole, que dá nome àquela ala do museu. Pois bem, Henry Cole foi o principal parceiro do Príncipe Albert na idealização e organização da Primeira Grande Exposição de Londres.

imperial college

Imperial College

No lado oposto da rua, bem na frente da nova entrada do Victoria and Albert, fica o Museu da Ciência. Vale a pena conhecê-lo, especialmente se você tem interesse saber como o mundo tecnológico em que vivemos hoje, evoluiu desde a Revolução Industrial. E, no mesmo lado da rua, fica uma das melhores universidades do mundo: o Imperial College London. É aqui que Vania aproveita para oferecer mais detalhes sobre a Grande Exposição que deu origem à Exhibition Road.

placa exhibition road

Príncipe Albert, Henry Cole e a Grande Exposição de 1851

O Príncipe Albert era mais que um marido da rainha. Muito inteligente e apaixonado por artes e ciências, ele foi um dos homens mais influentes do seu tempo. Por isso, não foi difícil comprar a ideia de Henry Cole, de se organizar uma grande exposição, onde países de todos os continentes seriam convidados a exibir os seus produtos. Para isso, foi construído um gigantesco palácio de cristal, no Hyde Park.

placa indicativa

O sucesso da exposição foi tão grande que rendeu recursos para que eles comprassem 87 acres de terra em torno do local onde aconteceu a exposição. A ideia, que hoje é realidade, era que essa área da cidade fosse dedicada à cultura e ao conhecimento. E, mais importante, com acesso livre ao público. Por isso que todos os 3 grandes museus ali têm entrada gratuita. E uma curiosidade: por razões óbvias, esta região de Londres é conhecida como ‘Albertopolis’.

RoyaL College of Music

RoyaL College of Music

Pouco antes do final do passeio, Vania faz um pequeno desvio e entra na Prince Consort Road. Nesta rua, além da fachada de uma das escolas que deram origem ao Imperial College London, você também tem o belo prédio da Royal Academy of Music, uma das mais importantes escolas de música do mundo. A sua construção também foi uma ideia do Príncipe Albert.

monumento great exhibition

Monumento Great Exhibition

E como todos os grandes acontecimentos na história da Inglaterra acabam em monumento, com a Grande Exposição de 1851 não poderia ser diferente. E é na frente desse monumento, localizado na área do Albert Hall, que Vania encerra o passeio. Neste grande memorial, com uma estátua de Albert no topo, há também uma lista de todos os países participantes e o que eles levaram para esse evento histórico. O Brasil, é um deles.

 

 

 

 

 

A sua opinião é muito bem-vinda. Deixe um comentário

receba nossa newsletter
somos uma tv online
feita por brasileiros
em Londres e estamos
construindo um arquivo
inédito sobre a diáspora
brasileira na Europa.

info@canallondres.tv