siga-nos no facebook >

canallondres

famoso hospital londrino
e cheyne walk (parte 2)

royal hospital chelsea

Em geral, visitar um hospital não está na lista de prioridades de ninguém. Mas há exceções. No vídeo acima, a nossa Guia de Turismo Credenciada, Vania Gay, faz uma visita a um famoso hospital londrino: o Royal Chelsea Hospital. Antes de chegar lá, porém, você vai ver a parte final do nosso primeiro vídeo sobre Cheyne Walk. São, portanto, dois vídeos em um.

Carlyle Mansions Chelsea

Quem viu o primeiro vídeo sobre Cheney Walk, além de descobrir como nasceu esta área às margens do Tâmisa, viu também que ali viveram nomes muitos famosos da história da Inglaterra. Nesta segunda parte, Vânia destaca alguns nomes que residiram ali: T. S. Eliot, grande escritor, nascido nos Estados Unidos, mas naturalizado britânico; Henry James, escritor americano; o autor de James Bond, Ian Fleming. Todos eles moraram na Carlyle Mansions, um prédio de apartamentos típico da era vitoriana.

escultura de Thomas Carlyle em Cheyne Walk

Dois outros nomes famosos são destacados por Vania: Thomas Carlyle e Gabriel Dante Rossetti. O primeiro, residiu em Cheyne Walk por mais de 40 anos. A casa onde ele morou, hoje, é um museu e a rua ganhou o nome do seu morador mais ilustre. Há ali também uma escultura em homenagem a esse que foi um dos grandes escritores da história da Inglaterra. Já Gabriel Dante Rossetti é nome muito conhecido em duas áreas: artes plásticas e poesia. Nas artes plásticas, ele foi um dos fundadores do Pré-Rafaelismo, movimento artístico que do final da primeira metade do século XIX. Os pré-rafaelistas eram jovens artistas que defendiam a ideia de uma arte livre dos padrões acadêmicos.

Royal Hospital Chelses

Hotéis em Londres

Visita ao Royal Hospital Chelsea

Bem, hora de ir conhecer o nosso famoso hospital londrino: o Royal Hospital Chelsea. A fundação do hospital foi uma iniciativa do Rei Charles II, em 1692, para abrigar soldados aposentados das forças armadas. Conhecidos como pensionistas, estes soldados são figuras muito reverenciadas na cidade. Onde passam, são reconhecidos, pelo uniforme vermelho.

patio do Royal Hospital Chelsea

Ao longo do tempo, este importante hospital passou por várias reformas. Personagens famosos também estão ligados à sua história. Nome mais recente da política britânica, Margaret Thatcher era uma frequentadora da capela do hospital. Capela que estava passando por um processo de modernização no momento em que este vídeo foi produzido. É um lugar que vale a pena visitar, a partir desse mês de junho/2016, quando a reforma se encerra. Margaret Thatcher também teve participação ativa na campanha pela modernização da enfermaria. É junto à enfermaria que estão as cinzas da chamada Dama de Ferro e do seu marido.

estátua de charles II no royal hospital chelsea

Há ali também algumas obras de arte produzidas por nomes famosos. Bem na frente, a estatua que homenageia a figura do pensionista é de autoria de Philip Jackson. Um dos seus trabalhos mais famosos, Bomber Commander, como destaca Vania, pode ser visto em Green Park. No grande pátio do hospital, está a escultura de Charles II. A obra tem a assinatura de Grinling Gibbons, outro grande nome das artes britânicas. Alguns dos seus trabalhos podem ser vistos na St Paul Cathedral, por exemplo.

aposentos originais do royal hospital chelsea

Mas o ponto alto do nosso passeio é a visita aos aposentos originais do Royal Chelsea Hospital. Ali, você tem a oportunidade de perceber que, desde o início, os pensionistas viviam com dignidade. Com as mudanças ao longo do tempo, as condições só melhoraram. A elegância dos uniformes mostra o respeito com que eles sempre foram tratados. Nos aposentos, hoje, eles contam com um espaço mais moderno, que inclui banheiros individuais, ao contrário dos quartos originais. Bom destacar que o Royal Chelsea Hospital é também um museu, para que você sinta-se ainda mais curioso para conhecer este lugar tão especial na história do Reino Unido.

 

crece pelo