museu de design de interiores – geffrye museum

a evolução do design de interiores na inglaterra

A capital inglesa tem museus para todos os gostos. No caso do Geffrye Museum, trata-se do museu de design de interiores. É um lugar que conta a história de como a decoração das casas e escritórios evoluíram na Inglaterra. É um passeio que começa nos tempos vitorianos e vem até os dias de hoje. Um passeio que fala muito do modo de vida dos britânico.

geffrye museum

Geffrye Museum – Londres

Descubra mais:

Um museu dedicado à memória de Freud em Londres

Da cozinha da casa aos modernos escritórios

Só para citar um exemplo, uma visita ao museu pode ensinar muito sobre a hierarquia dos cômodos da casa, por exemplo. Você vai perceber como a cozinha teve sempre um papel secundário no interior das casas britânicas. Na Era Vitoriana, quando muitas casas foram construídas para a população, além de pequena, a cozinha fica em um canto, nos fundos da casa, quase escondida. Talvez daí venha a explicação para que a culinária inglesa não tenha o peso da francesa e italiana, por exemplo. Recentemente,  graças a nomes com Jamie Oliver, entre outros, eles começaram a dar mais atenção à arte de cozinhar.

geffrye museum

Geffrye Museum – corredores que contam uma história

O museu é organizado de forma a proporcionar ao visitante uma viagem cronológica. Você entra e começa uma viagem do passado até os dias de hoje. À medida em que caminha, vai-se descobrindo a forma muito peculiar com que os ingleses desenvolveram o design de móveis, objetos, papéis de parede e os espaços das suas casas. Mas não é só isso:  ele também é uma grande fonte de pesquisa, não apenas pelo material que expõe, mas também pela literatura que disponibiliza para consultas. é um lugar para se passear e aprender ao mesmo tempo, como acontece com todo bom museu.

geffrye museum

Heloisa Righetto no Geffrye Museum

E, como diz a própria Heloísa, só o jardim e a casa que abriga o acervo do museu já são uma excelente opção de passeio num fim de semana de verão. Outro fator que a gente não pode esquecer de registrar: mantendo a tradição londrina em relação aos museus, você não paga para entrar. É só chegar.

geffrye museum

Assim como Geffrye, o Freud Museum, o Horniman Museum e o Museum of Brands, são museus que não estão no circuito mais turísticos, mas que valem a pena visitar.  Então, é só clicar e entrar. Para chegar lá é muito simples: ele fica, precisamente, na frente da estação de Hoxton, no leste da cidade. Mas como a parte que fica na frente da estação é a lateral do museu,você precisa andar um pouco em direção à entrada. Mas comece acompanhando Heloisa Righetto, nossa apresentadora, no vídeo acima. Não tem como errar. E, assim como a visita ao vivo, aqui em nosso vídeo também é de graça.

Horários:

O museu está aberto a visitas todos os dias das 10h às 17h, inclusive nos feriados. A entrada é franca.

End e tel: