o talento de hugo cortes
dançarino brasileiro em londres

Talento e dedicação marcam a vida do dançarino Hugo Cortes. A vinda dele para Londres é uma prova de que essa combinação veio acompanhada de boas oportunidades. Da infância pobre em Salvador ao sucesso na Europa, foi um longo caminho, onde cada passo o levou a alcançar respeito e admiração de profissionais da dança, do cinema, da tv.

 

Veja mais:

Um espetáculo de dança do coreógrafo Everaldo Pereira

A história de Hugo no universo da dança começou quando ele, ao terminar o segundo grau, pediu e ganhou da família o direito de ficar um ano dedicando-se integralmente ao que se tornaria parte indissociável da sua vida. Hugo tinha, então, 16 anos e logo depois entrou para a sua primeira escola de dança, fazendo parte do Bando de Teatro do Olodum. Em seguida, o Balé Folclórico da Bahia abriu-lhe as portas para a profissionalização. Ali, segundo as suas próprias palavras, ele viveu um dos melhores períodos da sua vida.

dançarino hugo cortes

Hugo Cortes

Salvador/Hamburgo – O talento levanta vôo

Em 2003, veio o primeiro passo internacional, com o convite para integrar o elenco do musical Rei Leão, em Hamburgo, Alemanha. Em 2005, mais uma grande mudança e Hugo desembarca na Alemanha. Hoje, ele pode ser visto no palco com o Stomp, mas aqui a vida de dançarino ganhou outra dimensão com atuações ao lado de artistas reconhecidos, participações em programas de tv.

dançarino hugo cortes

Em especial, a estréia dele no cinema, em Streetdance 3D, no papel de Gabe, um dos protagonistas do filme. Versátil, ele circula confortavelmente por diferentes expressões da dança contemporânea, indo do afro ao clássico, passando pela salsa e pelo hip hop, entre outros estilos.

hugo cortes

Hugo fala ao Canal Londres, antes do ensaio para a apresentação da coreografia An Apology, no Salsa Bar, Londres, num trabalho conjunto com a coreógrafa Charlene Dinger. An Apology é uma homenagem a um dos seus melhores amigos, infelizmente diagnosticado com Aids.

hugo cortes

No final, você há de concordar que ele é parte de um seleto grupo de brasileiros em Londres, a exemplo de Thiago Soares, Irineu Nogueira e Everaldo Pereira, que, com muito trabalho e, acima de tudo, muito talento, se transformaram em autênticos representantes da nossa cultura pelo mundo. Hugo só enriquece a nossa videoteca de brasileiros que fazem bonito na Europa.

A sua opinião é muito bem-vinda. Deixe um comentário

receba nossa newsletter
somos uma tv online
feita por brasileiros
em Londres e estamos
construindo um arquivo
inédito sobre a diáspora
brasileira na Europa.

info@canallondres.tv