siga-nos no facebook >

canallondres

i will not go back home – ted simões

bastidores de um videoclip

Era outubro de 2015, quando Ted Simões, autor de “I will not go back home”, entrou em contato com a Dot.tv Productions. Quem acompanha de perto os nossos vídeos, sabe: a Dot.tv é a responsável pela produção do nosso conteúdo. Ele queria gravar um vídeoclip e um amigo havia nos indicado. Feitos os primeiros contatos, Ted nos enviou a letra da múscia, uma referência um guia do que ele queria. Tudo normal, com exceção de um pedido.

TEd Simões gravando no St James Park

TEd Simões – St James Park

Descubra mais:

A música de uma cantora anglo-brasileira em Londres

Pôr do sol em um dezembro londrino

Em um dos trechos de I will not go back home, há uma referência a “Waterloo Sunset” , do The Kinks. Ted estaria em aqui no dia 9 de dezembro e o clip pedia as imagens de um pôr do sol. Ora, conseguir um pôr do sol, em dezembro, é preciso uma sorte de ganhador de loteria. E não haveria segunda chance: era o único dia que ele tinha disponível para a gravação.

Waterloo Sunset

Pô do Sol – Waterloo

À medida em que o dia da gravação se aproximava, a gente checava a previsão do tempo diariamente. Para encurtar a história: no dia 9 de dezembro a cidade amanheceu com ares de verão. Com uma vantagem: o sol de dezembro vem com uma luz diferente. Um filtro natural deixa a luz mais suave.  Mas as coincidências não pararam por aí.

Ted Simões gravando em Londres

Ted Simões – Piccadilly

O horário marcado para o início da produção era às 8:30 da manhã. A gente precisava aproveitar o dia ao máximo. Ted Simões estava vindo de Manchester. Combinamos de nos falar às 6h da manhã. Mas o cansaço o traiu. As mensagens enviadas para ele, não retornavam nenhuma resposta. E aquele sol lá fora, no dia 9 de dezembro, em Londres.

Ted Simões grava videoclip em Londres

Ted Simões – Westminster Bridge

Finalmente, por volta das 8:30, ele deu sinal de vida. E aí mais uma coincidência: ele estava hospedado a 5 minutos da nossa casa/escritório. Não poderia ser melhor. Saímos juntos em direção à Abbey Road, primeira locação das nossas gravações. Penas que a partir daí tudo correu bem? A nossa câmera Canon nos deixou na mão. Por sorte, havia uma câmera reserva. Bem mais simples, mas que nos salvou de um vexame.  Substituída a câmera, foi só correr para aproveitar aquele presente de de natal antecipado: o sol.

Ted Simões Abbey Road

TEd Simões – Faixa de Pedestres, Abbey Road

O autor de I will not go back home.

Considerando que você ainda não conheça Ted Simões, vamos a uma breve apresentação. Ted é baiano, de Salvador, mas com muita influência do rock britânico. Em Salvador, ele é líder da banda cover Cavern Beatles. “I will not go back home” é uma das faixas do CD “Old Memories, Recents Damages, Future Nightmares”, primeiro trabalho solo da carreira. São 11 faixas compostas por ele. A faixa do nosso videoclip é uma declaração de amor à capital londrina.

gravação videoclip I'll not go back home

Ted Simões – St James Park

Contada a história dos bastidores do videoclip, agora é hora de você conferir o belo dia 9 de dezembro de 2015. Antes, porém uma brincadeira dos bastidores da edição: só existe um lugar onde você não pode cantar  “I will not go back home”: ao passar pela imigração no Reino Unido. Pronto, se é que você ainda não viu, pode ir lá no “player’. Tem um sol te esperando.

 

crece pelo