lugares para conhecer em viena
arte, palácios e museus

uma cidade com charme, beleza e ar aristocrático

Em nossa primeira viagem à capital austríaca, o que a gente mais queria era fazer o roteiro dos lugares para conhecer em Viena. Aqueles lugares que o turista que vai pela primeira vez não pode deixar de visitar. Para nos levar a alguns desses lugares, contamos com a guia perfeita: a brasileira Gislene Marek, que mora em Viena há 10 anos.

gislene marek mostra viena

Gislene Marek

Descubra mais:

Uma visita a um deslumbrante palácio em Viena

Mineira, ela morou alguns anos em São Paulo, onde conheceu o austríaco com quem casaria e teria 2 filhos. Os dois filhos, aliás, são o motivo que a levou a decidir por viver no Velho Continente. Apaixonada pela cidade, onde trabalha como promotora de eventos, ela fez um passeio para deixar qualquer turista com vontade de conhecer a cidade.

escola de arte de viena

Escola de Arte de Viena

Viena está repleta de palácios e construções majestosas. Tudo remete ao período em que a cidade era a capital do Império Austro-Húngaro. Com o fim do período áureo, alguns dos palácios foram transformados em espaços culturais, principalmente em museus. Além de guardar a memória de um tempo glorioso  da capital austríaca, eles atraem turistas de todas as partes do mundo.

viena secession

Viena Secession

Começamos o nosso passeio por um lugar que representa muito para a arte contemporânea austríaca: o The Vienna Secession. Trata-se do espaço onde se iniciou o movimento revolucionário do final do século XIX, que, ao romper com o barroco, deu início a uma nova fase na arte vienense. Entre os nomes que participaram do Secession, está o do renomado Gustav Klimt. Mais tarde, outro grande das artes plásticas, Egon Schiele, se juntaria ao movimento. Mais de um século depois, o Secession ainda é parte importante no cenário artístico da cidade.

museumsquartier em viena

Museumsquartier

Um quarteirão de museus

Dali, o destino seria o MuseumsQuartier. Numa tradução livre, a gente poderia dizer que trata-se do quarteirão dos museus. Como lembra a Gislene, é um dos maiores espaços dedicados à arte no mundo. Com um imenso acervo de arte contemporânea, o Leopold Museum é um dos destaques desse complexo de museus. Além de nomes como Gustav Klimt e Egon Schiele, o acervo inclui trabalhos de outros grandes nomes da pintura, como Oskar KokoschkaRichard Gerstl. Ao lado, fica o Mumok, o Museu de Arte Moderna de Viena.  Para quem tem filhos, a grande opção é o Zoom Children’s Museum.

museumsquartier no canal londres

Museumsquartier

Lugares para conhecer em Viena – Lazer também é cultura

O MuseumsQuartier, no entanto, não é apenas uma opção para quem quer apreciar e conhecer mais sobre artes plásticas. É uma excelente opção de lazer. Durante o verão, o espaço aberto, cheio de sofás, é uma área para concertos, espetáculos de dança e, claro, encontro de amigos e turistas. O Leopold Cafe é outra opção para quem curte frequentar lugares de gente descolada.

museu de arte moderna de viena

Mumok

Atravessando a rua dos Museus, bem na frente do MuseumsQuartier, fica a praça Maria Leopoldina. Ali, estão localizados dois antigos palácios transformados em museus: O Museu de História da Arte e o de História Natural. São conhecidos como Museus Gêmeos. No centro da praça, a imponente estátua que homenageia Maria Teresa, imperatriz que guarda uma relação com o Brasil: ela é a mãe de Imperatriz Maria Leopoldina, esposa de D. Pedro I.

monumento a maria teresa imperatriz da austria

Monumento a Maria Teresa

Uma passagem por Viena também é uma oportunidade para uma reflexão. Como você deve saber, a Austria foi anexada por Hitler, como parte do Terceiro Reich. No vídeo acima, Gislene mostra o lugar onde ele fez o discurso da integração do país: o antigo palácio imperial de Hofburg. Como a nossa apresentadora faz questão de realçar, a presença dela naquele lugar é um sinal da derrota de Hitler.

ópera de viena

Gislene Marek na Ópera de Viena

Saindo do Hofburg, vamos até a Ópera de Viena. No caminho, uma pequena parada para ver um pouco do famoso Hotel Sacher. Já na Ópera de Viena, você tem uma ideia de como a música é importante na história da cidade. Não devemos esquecer que a Áustria é berço de grandes nomes da música clássica: Franz Schubert, Johann Strauss e Mozart, são apenas alguns exemplos. Mesmo que você não tenha a chance de ver um espetáculo dentro da Ópera de Viena, há sempre a chance de ver o que acontece lá dentro através de um telão eletrônico na parte exterior. De qualquer forma, a visita ao prédio de estilo barroco é de encher os olhos.

© 2009 - 2016 - Canallondres.tv - Todos os direitos reservados /