marco catalão
as asas do albatroz

Logo que você encontra Marco Catalão tem a impressão de que está diante de um ser raro, uma pessoa muito especial.  Não demora para que a impressão mude para o campo da certeza. Poeta, o que por si só garante um certo grau de raridade, ele é daquelas pessoas com quem você quer prolongar o encontro o máximo possível.

O nosso encontro aconteceu por conta de uma amiga em comum, Ana Claudia Suriani, professora de literatura brasileira na UCL – University of LondonUCL. Eles foram colegas durante os tempos de estudantes na Universidade de Campinas. Marco nasceu na cidade de Pereira Barreto, na fronteira entre São Paulo e Mato Grosso do Sul, e foi para Campinas, onde vive até hoje,  com o objetivo de estudar Engenharia da Computação. Embora gostasse de literatura, ele acreditava que poderia deixá-la em segundo plano, levando-a de forma paralela. Não foi o que aconteceu.

livraria wanterstones

Marco Catalão – Waterstones – Londres

À medida em que literatura foi se impondo, ele foi levado a mudar de rumo e acabou trocando Computação por Letras. Terminada a gradução, fez mestrado e doutorado. Muito antes de publicar o primeiro livro, escrever já era parte da sua rotina. Criado em uma família onde o livro era parte dos hábitos diários, a primeira grande influência veio a partir do encontro com a poesia de Fernando Pessoa. Mais tarde, o poema ‘No Meio do Caminho’, de Carlos Drummond de Andrade teve um papel crucial para que ele se descobrisse poeta.

Marco Catalão

Marco Catalão – Waterstones – Londres

A poesia de Marco Catalão

O primeiro livro de poesia, ‘Antes de Amanhã’, foi publicado em 2008. Na sequência, vieram ‘O Cânone Acidental’, 2010, e ‘Sob a Face Neutra’, em 2012. ‘As asas do Albatroz’, o livro mais recente, foi publicado em 2018 e foi o vencedor do Prêmio Rio de Literatura, 2019, uma das mais importantes premiações literárias do país.

as asas do albatroz

As Asas do Albatroz

As asas do Albatroz é uma coletânea de poemas narrativos em torno da vida de um personagem de nome Epaminondas. Através dos conflitos e angústias de Epaminondas, o poema aborda as dificuldades e o que significa ser um poeta no Brasil. Ao narrar a vida de Epaminondas, ‘As asas do Albatroz’ vai dos problemas práticos que um poeta enfrenta, como a relação com editoras e os prêmios literários, por exemplo, aos dilemas existenciais do poeta.

marco catalão

Marco Catalão

Mas as suas certeza e incertezas, esperanças e desilusões de Epaminondas, pertecem a um universo mais amplo. Qualquer ser humano, independente da atividade que exerça ou da nacionalidade à qual pertence. É essa universalidade dos dilemas ‘epaminondianos’ se assim podemos chamar, que faz com que ‘As Asas do Albatroz’ falem com um público que vai além do universo de quem faz poesia.

as asas do albatroz

As Asas do Albatroz

Embora o nosso vídeo, gravado em uma das livrarias da rede Waterstones, esteja mais focado na produção poética, Marco Catalão também se dedica ao teatro e à literatura infantil. O teatro, como ele diz, é uma forma de sair um pouco do universo solitário da poesia e ampliar a interação com o outro.

marco catalão

Marco Catalão

A passagem dele por Londres foi, de certa forma, uma carona que ele pegou em uma viagem da esposa, Larissa, que é professora de teatro e veio dar uma palestra na Universidade Brunel. Encontrar Marco Catalão já é um privilégio, mas contar com a presença dele aqui, muito enriquece a nossa galeria de vídeos literários. Você que ainda não o conhece, no vídeo acima, além de saber um pouco mais sobre ele, tem a oportunidade de se encantar com dois poemas de ‘As asas do Albatroz’, na voz do seu autor. É um vídeo muito especial.

Silvino Ferreira Jr.

A sua opinião é muito bem-vinda. Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of

receba nossa newsletter
somos uma tv online
feita por brasileiros
em Londres e estamos
construindo um arquivo
inédito sobre a diáspora
brasileira na Europa.

info@canallondres.tv