mercato metropolitano londres

um novo conceito de mercado gastronômico

Como o nome sugere, Mercato Metropolitano tem origem italiana, mas esta é uma das várias diferenças entre ele e os outros mercados londrinos. Surpreende, por exemplo, o fato dele estar localizado em Elephant & Castle, região que está longe de ser uma das mais turísticas da cidade e também não é conhecida pela concentração de italianos. Para descobrir o que faz do Metropolitano um mercado tão diferente, a gente acompanhou Heloisa Righetto, em uma visita a este lugar que em pouco tempo virou atração e caiu na boca de quem curte gastronomia.

mercato metropolitano

Mercato Metropolitano – Mercado gastronômico

A palavra gastronomia é essencial para entender o que é o Mercato Metropolitano, porque, assim como o Borough Market, ele é, essencialmente, um mercado gastronômico. Há no entanto diferenças mesmo entre esses dois: o Borough é um lugar para ser frequentado, preferencialmente, no final de semana, enquanto que o único dia em que o Metropolitano fecha é na segunda-feira. O Metropolitano também é menor, mais aconchegante e as suas mesas coletivas permitem maior interatividade entre os frequentadores.

cinema no mercato metropolitano

Descubra mais:

Uma loja só de produtos portugueses em Londres

Filosofia comunitária

Além da área externa e da administração, o  mercado é dividido em 3 galpões. O primeiro deles é dedicado inteiramente à culinária italiana. O destaque, no entanto, fica para um pequeno cinema, localizado em uma das quinas do galpão. Foi por esta parte que começamos a nossa visita com a Helô. Ali, ela explica o conceito que os criadores do Metropolitano trouxeram para Londres. Eles adotam uma filosofia de proximidade entre o mercado a comunidade ao redor. São promovidas atividades culinárias com as crianças locais, por exemplo. Também procuram empregar pessoas da vizinhança. E aí você começa a entender porque, para eles, não era essencial que o mercado ficasse localizado em uma região muito frequentada por turistas.

mercato metropolitano

Cozinha multinacional

Ao mudar do primeiro para o segundo galpão, a grande diferença está no perfil dos restaurantes. Há uma pizzaria, mas há também uma variedade de nacionalidades: argentina, francesa, vietnamita, entre outras. Mas há outra diferença que pode passar batida para o visitante menos atento. Em um dos seus cantos há uma enoteca. É um lugar muito especial, principalmente para os apreciadores de vinho. Vale muito a pena passar um tempo lá dentro. Nesta segunda parte do mercado Helô destaca outro aspecto comunitário do Metropolitano: as grandes mesas são feitas para que você possar comer de maneira mais confortável, mas também para oferecer a oportunidade de que vizinhos “estranhos” possam interagir. E teve uma bela surpresa em nosso roteirot: encontramos Amanda, uma brasileira que trabalha lá e com quem Helô trocou algumas palavras.

heloisa righetto no mercato metropolitano

Heloisa Righetto

A loja

Quem é apaixonado por produtos italianos, vai dizer que deixamos o melhor por último. A loja é para deixar qualquer um com água na boca. Um perigo para o bolso. Você vai encontrar uma variedade imensa de produtos e ingredientes da boa cozinha italiana: queijos, vinhos, azeites, massas, presuntos e muito, muito mais. Tem até um cantinho especial onde você pode sentar para degustar um bom vinho.

loja italiana no mercato metropolitano

Depois de passar pelos 3 galpões vem a parte mais difícil: ir embora. Eles acertaram em cheio na ideia do mercado ser um lugar onde você pode esquecer do tempo. Ele abre de terça a sábado das às 11h da manhã e fecha às 23h. No domingo, ele fecha mais cedo, 22h, mas também abre mais cedo: 10h. A gente só torce para que, ao contrário das versões de Milão e Torino, onde ele funcionou como um Pop Up, o Mercato Metropolitano Londres tenha chegado para ficar. Para informações mais detalhadas, visite o site do mercato.