papel de parede, domingão, arte
sacra, diário de um livro – dia 58

O domingo, dia em que caiu o nosso vídeo correspondente ao dia 58, foi de descanso para uns, trabalho para outros. Foi de trabalho para Amaro Filho, em Recife, e para mim e Susan Ferreira, em Londres. Em Londrina, Renata gastou o domingo com leitura, arte sacra, dança. Na casa dos Alencar, foi um misto de trabalho e diversão.

Visite a página com todos os vídeos da série.

Aproveitando que poderia ficar na cama mais tempo, Renata Sucupira aproveitou para abrir um novo livro. Dessa vez, ela começou a leitura de ‘A Irmandade da Uva‘, de John Fante. É o segundo livro que ela lê do mesmo autor. Mas a manhã de Londrina também teve o canto de ‘Fantasia’, nome dado por ela a um, ou mais, bem-te-vi que frequenta a área externa da casa.

bem-te-vi

Mônica Feijó estava muito feliz com o presente que ela deu a si mesma: um belo papel de parede que estava sendo aplicado por Maria Porto e Alexandre Alencar. O resultado, que ela mostra no final do vídeo, prova que é possível aproveitar essa quarentena para fazer um ‘upgrade’ aqui, outro ali, na casa.

papel de pared

Alexandre Alencar e Maria Porto

Em Londres, depois de uma noite de sábado com bastante vinho e cerveja, eu acordei no domingo achando que teria um dia para relaxar pela frente. Engano total: além do trabalho normal com a edição de vídeo e a postagem do vídeo 56, eu teria ainda que trabalhar para um cliente nosso, a LTO Foundation, uma organização que oferece bolsas de estudos para mulheres que pretendem ser reverendas da Igreja Anglicana. Mais tarde, claro, eu ainda teria que editar o vídeo do dia 57.

ltof

Amaro Filho voltou a trabalhar com um livro que já deve ser familiar para quem acompanha ‘Um Dia de Cada Vez’. Duas Viagens: Frevo, Metais, Choro, Cordas, de José Teles, conta a história dos músicos pernambucanos que, nos anos 50, encararam o desafio de viajar até o Rio de Janeiro, então, capital federal. Dessa vez, Amaro se concentra em uma das persongens de viagem, Conceição Rolim (Melita), uma professora que, durante os trajetos de ida e volta, escreveu um diário de viagem. Uma preciosidade que faz parte do livro.

livro

Bem, agora vamos à cozinha dos Alencar. Quem tem na memória o cheiro da culinária nordestina deve ficar com água na boca com o que Maria Porto está preparando para o almoço: purê de gerimum, farofa de banana comprida e carne de sol, hummm! Soa como poesia para o paladar, não é mesmo?

culinária

Em Londrina, ainda tivemos momento dedicados à arte sacra. Com  a música do compositor alemão George Frederick Handel, que mais tarde adotaria a cidadania britânica, como trilha, ela faz um passeio pela coleção de presépios que os pais têm em casa.

arte sacra

E fechamos o dia 58 de ‘Um Dia de Cada Vez’, como Mônica Feijó mostrando o belo resultado do trabalho com o papel de parede que ela comprou e mais um momento de dança proporcionado por Renata Sucupira. Em dois dias, completamos 2 meses de confinamento.

A sua opinião é muito bem-vinda. Deixe um comentário

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

receba nossa newsletter
somos uma tv online
feita por brasileiros
em Londres e estamos
construindo um arquivo
inédito sobre a diáspora
brasileira na Europa.

info@canallondres.tv
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x