praias perto de londres
broadstairs

Para quem busca opções de praias perto de Londres, Broadstairs é um dos destinos mais escolhidos. A primeira razão são os 130 Km que a separam da capital inglesa, mas existem outras razões além dessa proximidade para que a cidade mereça a sua visita. No vídeo acima, o editor do Canal Londres, Silvino Ferreira Jr., faz uma passeio pela cidade, destacando algumas das suas principais atrações turísticas.

broadstairs

Silvino Ferreira Jr

Descubra mais:

Uma cidade no litoral da Inglaterra especialista em ostra e caranguejo

Broadstairs – onde tudo começou

Ao longo deste passeio, o nosso editor vai compartilhar algumas das descobertas que foi fazendo ao longo do caminho. A primeira delas é a relação de Broadstairs com um dos maiores escritores ingleses: Charles Dickens, que costumava passar férias ali. Mas as revelações não ficam aí.

st peter church broadstairs

St Peter Church

Para entender a origem do nome Broadstairs é preciso juntar alguns pedaços de informações. A primeira delas é que o nome se origina da junção de duas palavras: “broad’ e “stairs”. “Broad”, que significa amplo, se refere à larga faixa de areia entre entre o mar e os penhascos que são típicos da região. Estes penhascos dificultavam a passagem das pessoas para a areia e o mar, o que levou à construção de degraus, “stairs”, em inglês, que permitiram o acesso.

mar de broadstairs

Já a origem da cidade em si, está ligada à construção da Igreja de St Peter, no distrito de Thanet, no condado de Kent, no sudeste da Inglaterra. Com a igreja, nasceu uma comunidade de pescadores e, com eles, Broadstairs. Até os dias de hoje, a pesca ainda desempenha um papel importante para a economia da cidade, mas, com o tempo, o turismo se transformou na principal atividade econômica.

mar de broadstairs

Principais atrações turísticas

A grande maioria dos turistas que frequentam Broadstairs são londrinos em busca de um dia na praia. Este programa de férias ou mesmo de fim de semana já tem uma longa tradição. O melhor exemplo é o do escritor Charles Dickens, que frequentou a cidade durante muito tempo, na segunda metade do século XIX. Por isso mesmo, alguns dos lugares que ele frequentou e a casa onde costumava passar férias se transformaram em atrações turísticas da cidade.

Bleak House

Bleak House

A Bleak House, além de ser título de uma das obras de Charles Dickens, é a casa onde ele passou alguns dos seus períodos de férias, mas também o lugar onde ele escreveu um dos seus livros mais famosos: David Copperfield. Transformada em museu, a casa continua sendo uma excelente opção de hospedagem na cidade, uma vez que ali também funciona um hotel e a vista para o mar é indescritível.

dickens house em broadstairs

A outra casa que também deve a fama ao escritor inglês é a Dickens House. Como o nome sugere, ali funciona um museu, onde o visitante pode encontrar objetos e manuscritos relacionados ao escritor. A casa foi residência da atriz Mary Pearson Strong, que inspirou Dickens na criação da personagem Betsy Trotwood, em David Copperfield. A casa é uma grande homenagem à grande conexão que o escritor construiu com a cidade entre 1837 e 1851.

sorvete de broadstairs

Além de consumir cultura, admirar o mar, passear por uma das 7 praias conhecidas como Broadstairs’ Bays, apreciar um delicioso caranguejo, a cidade tem outro convite irresistível para quem a visita: um delicioso sorvete em uma das duas sorveterias que mantêm o estilo anos 50 de servir os seus sorvetes. Elas são muito fáceis de achar porque ficam na Viking Bay, a principal praia ali. Se você tiver a sorte que o nosso editor teve, prepare-se para um belo dia de sol e um dos melhores programas que você pode fazer fora de Londres.

A sua opinião é muito bem-vinda. Deixe um comentário

receba nossa newsletter
somos uma tv online
feita por brasileiros
em Londres e estamos
construindo um arquivo
inédito sobre a diáspora
brasileira na Europa.

info@canallondres.tv