muito além da dança
projeto selva

O Projeto Selva é dirigido por Manuela Benini.

Trata-se de um belo exemplo de como a arte é expansiva. Morando em Londres há duas décadas, Manuela tem a dança como base do seu trabalho. Mas o que ela faz vai além dos movimentos corporais associados à arte de dançar. Esta percepção está na base do Selva, seu mais recente projeto.

sem fronteiras

Descubra mais:

O Maracatu feminino do Maracatudo Mafuá

Projeto Selva – Coletivo de ideias e objetivos

Selva é uma ideia de arte coletiva desde o princípio. Nasceu da troca de conversas entre Manuela, a amiga Mariana Pinho e o DJ Cal Jader. Mariana é a diretora da Gandaia Arts e, assim como a Manuela, tem um bela história com a cultura brasileira em Londres. Cal Jader é um dos fundadores do Movimientos, que nos últimos anos tem se destacado como o maior promotor da música e da cultura latinas na capital inglesa.

Das conversas, surgiu a conclusão de que havia espaço para um projeto de integração das diversas expressões da dança e música latinas em um coletivo. Mas este seria apenas o embrião. Selva também é um movimento político. Não é a política no sentido tradicional do termo. É político na medida em que as suas ações não estão alienadas das questões cruciais do nosso tempo.

Projeto Selva - Manuela Benini

Manuela Benini

Independente de distâncias geográficas, são muitos os problemas comuns que o século XXI apresenta. A globalização tornou a discussão sobre nacionalidades e fronteiras um tema presente na Amazônia, nos EUA (veja-se o fenômeno Donald Trump), na Europa, com a crise de refugiados fugindo de guerras. Este é um dos exemplos de temáticas que o Projeto Selva traz para as suas performances.

integrante do projeto selva

Larissa Schiel

Coletivo com espaço para a expressão individual

Mas o Projeto Selva também trás um mensagem na forma como os seus integrantes trabalham. Ao juntar artistas de diferentes nacionalidades, Manuela também abriu espaço para a expressão individual. Tanto os ensaios como as performances são ações coletivas com espaço para que cada participante contribua com a própria iniciativa.

O  que Manuela faz é estabelecer as coordenadas, necessárias para que o trabalho tenha uma fluência coletiva. Você vai observar em nosso vídeo acima, que à medida em que os integrantes vão chegando, se integram ao trabalho de preparação do espaço da performance. Isto também se estende para o trabalho no camarim, na hora de vestir as fantasias e criar a maquiagem.

integrante do Selva

Encontro amazônico

Neste caldeirão de ideias, claro, a essência é encontro das diversas culturas latino-americanas conectadas através da Amazônia: Brasil, Bolívia, Peru, Colombia, Equador, Venezuela, Guiana, Suriname e Guiana Francesa. Além da grande floresta, são muitos os ritmos e danças que unem esta vasta região de 9 países: salsa, cumbia, carimbó, lambada, guitarrada, merengue. São muitos e todos entrelaçados. Por aí já se tem uma ideia da matéria-prima inesgotável que o Projeto Selva tem para trabalhar suas performances.

projeto selva

Manuela Benini sem fronteiras

Com tanto para cobrir, dirigir um projeto assim exige muito da criatividade, mas também em pesquisas. Por isso, nos planos de Manuela Benini sempre estão a busca do contato com diferentes culturas. O objetivo é ir buscar na fonte os elementos que ela precisa para enriquecer os próprios conhecimentos. Durante a entrevista, por exemplo, ela revela a viagem à Colômbia, com o objetivo de aprender mais sobre a cultura do país.

decoração prjeto selva

Mas todo o projeto estaria incompleto sem a participação de um elemento essencial: o público. É aqui que mora o objetivo final de todo este trabalho coletivo: inserir o público de uma forma dinâmica e interativa. A ideia do Projeto Selva é tirar o público do papel de expectador passivo e trazê-lo para dentro da performance.

É uma forma de aprendizado através da imersão. Ao dançar e cantar com os participantes, o público começa entender, mesmo que intuitivamente, os significados de cada movimento. A entender que ele pode vencer as fronteiras que a geografia e a língua tentam impor através do conhecimento. Ao participar, o público, de fato, começa a entender e a absorver a mensagem política que o Selva pretende passar. O ciclo se fecha.

projeto selva - manuela benini

Para finalizar, algumas palavras mais sobre Manuela Benini. Não é a primeira vez que ela é protagonista de um dos nossos vídeos. Entre tantos trabalhos, ela tem especial interesse pela dança e filosofia indianas. Em nosso primeiro vídeo com Manuela, você tem a oportunidade de conhecer um pouco mais da nossa convidada mais que especial.

A sua opinião é muito bem-vinda. Deixe um comentário

receba nossa newsletter
somos uma tv online
feita por brasileiros
em Londres e estamos
construindo um arquivo
inédito sobre a diáspora
brasileira na Europa.

info@canallondres.tv