questionamentos, baixo astral,
moqueca – dia 56

Durante esta pandemia há dias em que não adianta querer levantar o baixo astral: as notícias vão chegando, batem à porta e entram em nossas casas mesmo que a gente não abra. O isolamento, por maior que seja, não significa que se possa escapar das notícias tristes.

Veja os outros vídeos da série

Um exemplo perfeito dessa montanha russa do nosso humor durante essa crise, é o que aconteceu com Mônica Feijó e Maria Porto. Mãe e filha, elas brincam, cantam, sorriem, como forma de manter o otimismo dentro da casa. Todos nós fazemos isso, mas, frequentemente, logo vem a lembrança do quão grave é o que estamos vivendo. Maria Porto é a porta-voz desse sentimento.

maria e mônica

Maria Porto e Mônica Feijó

Renata Sucupira, em Londrina, teve um dia de tristeza, ao receber a notícia da primeira pessoa da família a morrer por  causa do Covid-19: uma tia-avó em Recife. Mas a morte, que sempre leva a reflexões, causou um impacto ainda maior, porque Renata tem visto o pai, que faz parte do grupo de risco, quebrar as regras que devem ser seguidas para evitar a contaminação.

Renata Sucupira

Renata Sucupira

Uma vez que tem escolhido um compositor para ouvir a cada dia da semana, dessa vez, ela anunciou o inglês Edward Elgar. A escolha veio com dedicatória e os agraciados fomos eu e a Susan. Deixamos aqui o nosso ‘Many Thanks’. Durante o vídeo você vai ouvir um pouco da bela música de um inglês que brilha no universo da música clássica. Universo que dominado por compositores de outras nacionalidades:  austríacos, alemães, russos, italianos.

Maria Porto

Maria Porto

Se aproximando do vídeo 60, Alexandre Alencar aproveitou o dia 56 para uma reflexão em torno dos estágios que ele e a família têm passado durante este período em casa. É um longo período para todos mas em especial para eles, que começaram o isolamento antes mesmo do mesmo ter-se tornado uma determinação governamental. No caso de Alexandre, ainda pesa o fato dele, como a imensa maioria dos profissionais de audiovisual, estar sem trabalho.

Amaro

Amaro Filho

Direto da sua rede, no apartamento da amiga Mônica Luíza, no centro de Recife, Amaro Filho vem com uma série de questionamentos. O alvo das perguntas são as Forças Armadas, mais especificamente, o Exército Brasileiro. Durante uma crise como a que o Brasil está vivendo, não dá para entender o papel que os militares estão desempenhando. Esta é a hora de colocar os recursos, humanos e materiais à serviço do país. Não é o que está acontecendo. No final, Amaro revela que o autor do texto que leu é de Joel Fontenelle Macedo.

moqueca

Em Londres, duas entregas fizeram a nossa sexta-feira mais apetitosa. Primeiro, veio a moqueca que encomendamos no início da semana. O interessante é que a entrega foi feita por Ausra Bartkeviciute, que é a Chef e proprietária da ABChef. Um pouco depois, outro delivery: dessa vez, a cerveja chegou diretamente da Brockley BreweryA combinação foi perfeita.

cerveja

Silvino Ferreira Jr

Ainda tivemos tempo para um retorno de Alexandre Alencar, anunciando mais uma trapalhada no governo: o pedido de demissão do Ministro da Saúde. Isso significa que o Brasil terá um terceiro ministro na função mais importante para o combate ao Coronavírus. Renata encontrou um certo consolo no sol que voltou a dar as cara em Londrina. Mônica Feijó deixou uma citação do amigo compositor Lula Queiroga e fechamos o dia com uma imagem do anoitecer em Londrina, com a música de Edward Elgar como trilha.

A sua opinião é muito bem-vinda. Deixe um comentário

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

receba nossa newsletter
somos uma tv online
feita por brasileiros
em Londres e estamos
construindo um arquivo
inédito sobre a diáspora
brasileira na Europa.

info@canallondres.tv
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x