remembrance day londres
dia da lembrança

Remembrance Day, dia da lembrança, em português, acontece em 11 de novembro desde 1919. A iniciativa de se criar um dia para lembrar os soldados mortos em conflitos, foi lançada pelo Rei George V, logo depois do final da Primeira Grande Guerra. Além do valor simbólico, é uma data com algumas curiosidades que valem a pena se conhecer.

poppy no peito

Descubra mais:

As cores e os significados da bandeira da Inglaterra

Remembrance Day – 11/11/1911

A primeira curiosidade é quanto à data: a escolha de 11 de novembro não foi por acaso. Em 1918,  o Tratado do Armistício, assinado em Compiègne, na França, entre as forças aliadas e a Alemanha, determinava o fim das hostilidades durante a Primeira Grande Guerra. A assinatura do mesmo aconteceu às 11h, do dia 11 de novembro, portanto, mês 11, de 1918. Formalmente, no entanto, o final da Primeira Guerra aconteceu com a assinatura do Tratado de Versalhes, em junho do ano seguinte.

cenotaph

Cenotaph – Whitehall

Cenotaph – Memorial da Guerra

Em 1919, a ideia de se comemorar o primeiro ano do final da guerra, levou à ideia de s construir um memorial. Uma vez que estava muito em cima da hora, a primeira versão desse monumento foi feita de madeira. A partir de 1920, a madeira seria substituída pela pedra conhecida como Portland. O nome Cenotaph, um memorial para alguém sepultado em outro lugar, foi ideia de Edwin Lutyens, responsável pelo projeto. Ele foi erguido na Whitehall. O Rei George V foi o responsável pela inauguração, abrindo uma tradição que se mantém até hoje: anualmente, o ocupante do trono comparece à cerimônia do Remembrance Day.

poppies

Poppy Day

Nem precisa vir a Londres. Basta olhar qualquer TV inglesa e, à medida em que se aproxima o mês de novembro, você vai notar: muita gente aparece com um broche vermelho na lapela. A origem desse broche é uma flor conhecida como poppy, papoula, em bom português. Ela foi adotada como símbolo do Remembrance Day porque começou a nascer nos campos de batalha da Segunda Grande Guerra. Foi inevitável, portanto, a associação da flor à ideia de renascimento. Por isso, o Dia da Lembrança também é conhecido como ‘Poppy Day“.

memorial

Cada país, um jeito de lembrar

Embora o Remembrance Day seja celebrado em todos os países que fazem parte da Commonwealth, cada um criou os seus próprios rituais. No Reino Unido, embora sejam guardados 2 minutos de silêncio no dia 11, as homenagens acontecem no domingo mais próximo da data. A principal cerimônia, no entanto, acontece no Memorial War da Whitehall, mas outros memoriais espalhados pelo país também celebram. Em cada um deles, coroas de flores são deixadas em homenagem aos soldados que morreram em todos os campos de batalha desde a Primeira Guerra Mundial.

O que fica como lição desse dia tão especial no calendário dos britânicos e de outros povos, é o quanto a memória é importante para a identidade de um povo. No caso específico do povo inglês, a história está repleta de guerras e imagina o que aconteceria se as gerações que sucedem fossem esquecendo os seus heróis. Ninguém iria se dispor a lutar por uma causa futura. Por isso, tantos ingleses carregam a flor vermelha no peito.

A sua opinião é muito bem-vinda. Deixe um comentário

receba nossa newsletter
somos uma tv online
feita por brasileiros
em Londres e estamos
construindo um arquivo
inédito sobre a diáspora
brasileira na Europa.

info@canallondres.tv