siga-nos no facebook >

canallondres

é seguro viajar para londres?

Sempre que uma tragédia, como os 2 ataques terroristas em Londres em 2017, acontece, a mesma pergunta surge na cabeça de muita gente: é seguro viajar para Londres? Ela está muito presente em conversas nas redes sociais, mas também é feita em silêncio, em forma de pensamento. Eu fui dormir sabendo pouco sobre o ataque na London Bridge e no Borough Market, porque as notícias estavam apenas começando a circular.  Só na manhã do domingo é que senti o impacto da tragédia: 7 pessoas haviam sido assassinadas e mais 48 estavam feridas, 21 delas em estado grave. 3 supostos terroristas haviam sido mortos pela polícia.

homenagem às vítimas do terrorismo na westminster bridge

Londres e Manchester 

Dos 3 ataques ocorridos na Inglaterra, em 2107, 2 em Londres e um em Manchester, este foi o que senti mais proximo. O primeiro, em Westminster já havia provocado um forte impacto forte em mim. Era o primeiro durante os 11 anos em que estou vivendo aqui. O segundo, em Manchester, embora mais distante, foi particularmente triste pelo número de crianças entre as vítimas. Já London Bridge, além de ser uma rota muito familiar, também é perto geograficamente: fica a 7 minutos de uma das estações de trem no bairro onde eu moro. De outra estação, 10 minutos. Acho que foi por isso que a perguntar “é seguro viajar para Londres?” me ocorreu logo que li sobre o ataque.

velas pelas vítimas do terrorismo em londres

Que lugar é 100% seguro?

Como responder uma pergunta como esta? A rigor, não é 100% viajar para lugar nenhum neste planeta. Mesmo viver trancado ou protegido por uma fortaleza é 100% seguro. O que parece é que a distância tem um certo peso no julgamento. Os europeus fazem a mesma pergunta quando querem ir a países como o Brasil. As notícias sobre a violência que chegam aqui geram um sentimento de que o Brasil é um lugar muito perigoso. E é, mas não significa que visitar o Brasil representa um risco de morte altíssimo para o turista.

virgilia na trafalgar square

As redes sociais e o impacto das notícias

Com as redes sociais fazendo tudo ficar mais perto, o impacto de notícias como a de um ataque terrorista parece ser maior. A notícia chega em tempo real. Na verdade, quem está conectado pode ficar sabendo antes mesmo das pessoas que moram na cidade onde o fato ocorreu. O fato de ter tantos brasileiros morando em Londres também tem um papel na forma como a notícia é recebida por muita gente. Muitos no Brasil têm parentes e amigos na cidade. Eu mesmo recebi, com alegria, mensagens de vários amigos perguntando se eu estava bem.

flores em homenagem às vitimas do terrorismo na parliament square

Uma nova forma de ataque terrorista

Um outro aspecto peculiar nesses ataques é a forma como eles são executados. Eles causam morte, pânico, medo, como qualquer outra forma de ato terrorista, mas também demonstram que ficou muito mais difícil planejar um ataque com um grau de sofisticação que tanto se viu na Europa e nos EUA. Londres, em especial, ficou mais de 10 anos sem sofrer um desses ataques, o que mostra que a cidade tem uma polícia muito eficiente no combate a este tipo de crime. Se é impossível evitá-lo 100%, é bom saber que a população conta com uma segurança capaz de diminuir a frequência e minimizar os danos desses ataques.

homenagem às vítimas do terrorismo na trafalgar square

Sim, viajar para Londres é seguro

Viajar para Londres, na minha opinião, continua seguro. Viver em Londres é mais seguro do que na maioria das grandes cidades do mundo. Qualquer um pode ser vítima de uma ataque como os 3 que aconteceram em 2017, em Londres e em Manchester, mas ter medo é a pior resposta que se pode dar a um terrorista. Eles são planejados exatamente para isso: gerar medo na população.

london bridge

London Bridge

O medo é a pior resposta

Esta é uma das coisas que aprendi com os londrinos: não se deixe levar pelo medo. Antes de começar a escrever este texto, eu fui ao Colombia Road Flower Market fazer algumas fotos. Fui porque já havia planejado e não queria mudar nada do que havia pensado em fazer no domingo. Era a minha forma de dizer não ao medo. De não dar o braço a torcer. Em relação a quem está planejando viajar para cidades como Londres, o que os terroristas esperam é que a resposta à pergunta “é seguro viajar para Londres?” seja não. Muitos reagiram assim em relação a Paris, que viu cair muito o número de turistas que visitaram a cidade.

colombia road flower market

Colombia Road Flower Market

A decisão de escolher um destino para visitar como turista é muito pessoal. Ninguém pode dizer para você vir para Londres e garantir que tudo serão flores. Eu, no entanto, prefiro ficar com a reação das pessoas na foto acima, tirada no mercados das flores de Londres, na manhã do dia 4 de junho de 2017. São pessoas que se negaram a abrir mão do espaço público por conta do medo. Quando isso acontecer é porque a guerra contra o terrorismo foi perdida.

 

 

Silvino Ferreira jr - Editor do Canal Londres

crece pelo