siga-nos no facebook >

canallondres

curiosidades de londres para não pagar mico

conhecer a cultura local pode te livrar de enrascadas

por Lívia Rangel*

Cantor pop inglês, Robbie Williams, usando o sinal de V como ironia

Cantor pop inglês, Robbie Williams, usando o sinal de V como ironia

Uma das regrinhas básicas para o turista que viaja pelo mundo é aprender um pouco da língua local e se informar sobre a cultura do país ou cidade em que irá visitar. E aqui entram também noções de etiqueta na hora de comer, cumprimentos diplomáticos etc.

Apesar de ser conhecida como uma das cidades mais cosmopolitas do planeta, com a capital britânica não é diferente. Separamos seis curiosidades de Londres para você não pagar mico. Algumas delas delas servem para qualquer cidade que você visitar no Reino Unido.

CONFIRA NO TOP6 – CURIOSIDADES DE LONDRES PARA VOCÊ NÃO PAGAR MICO:

1 – No transporte público: use o Oyster Card

Oyster card

Oyster card, seu melhor amigo

A primeira coisa que você deve fazer ao chegar no aeroporto de Londres é se informar de como adquirir o Oyster Card. Ele é o bilhete do Travel Card (comprados nas estações de metrô) . E aqui vai uma dica: não existe a figura do cobrador nos ônibus de Londres e a maioria dos motoristas não aceitam mais pagamentos em dinheiro.

Eu mesma já passei por esse constrangimento logo quando cheguei aqui: estava atrasada para um compromisso e tinha esquecido de recarregar meu Oyster Card na máquina da estação de metrô. Mas o ponto de ônibus era do lado de casa. Foi então que tive a ideia de tentar pagar a passagem com uma nota de 10 libras. Resultado, cheguei atrasada pois fui negada em 3 ônibus e tive que me encaminhar a uma estação de metrô onde pudesse carregar o cartão. Os motoristas não tinham troco para me dar e quando tentei explicar que eu era nova na cidade, os passageiros começaram a se irritar com a minha “falha”. Portanto, mantenha o Oyster Card com crédito para circular com tranquilidade pela cidade.

2 – Na rua: olhe para a direita antes de atravessar

LookRight (1)

O tráfego é invertido nas ruas de Londres

Diferentemente do Brasil e a maioria dos países, os carros ingleses usam a direção do lado direito do automóvel. Portanto, a orientação do trânsito é invertida, em relação a nossa. Ao atravessar a rua andando, não esqueça de olhar sempre para o lado direito – e também para o esquerdo, por garantia. E muito cuidado com a aproximação de um ônibus coletivo (aquele famoso vermelho, de dois andares), eles passam raspando na calçada de pedestres. Por segurança, mantenha-se sempre atrás da faixa.

3 – Na escada rolante: não bloqueie a passagem do lado esquerdo

Usuários na escada rolante da estação de Marble Arch

Usuários na escada rolante da estação de Marble Arch

Os londrinos estão sempre “busy” (ocupados), literalmente correndo contra o tempo nas estações de trem e metrô. Uma das coisas que mais deixa um londrino irritado é quando algum desavisado bloqueia o lado esquerdo da escada rolante (onde as pessoas continuam andando), ou caminha a passos de tartaruga. Você não precisa subir correndo feito louco, mas, para evitar cara feia, quando estiver numa escada rolante, permaneça do lado direito e libere a esquerda para os apressados de plantão.

Esse costume bem que poderia ser mais aplicado nos shoppings, aeroportos e rodoviárias do Brasil. :)

4 – No bar: quando pedir 2 bebidas nunca mostre um ‘V’ com os dedos virados para o barman

Dedo em V, com a palma da mão virada, pode ser visto como ofensa

Dedo em V, com a palma da mão virada, pode ser visto como ofensa

Dizem que ao final da primeira guerra mundial uma das maneiras de humilhar o inimigo era mostrar o dedo em formato de ‘V’ de vitória.  Essa memória da guerra permanece até hoje mas, na Inglaterra, se tornou uma ofensa. Quem o faz, mesmo sem saber, pode ser considerado um provocador. O sinal de V, quando a palma está voltada para a pessoa que dá o sinal, tem sido um gesto insultuoso na Inglaterra, e depois no resto do Reino Unido. É freqüentemente usado para significar desafio, desprezo ou escárnio.

Portanto, nada de fazer o V invertido, ok? Você pode estourar uma guerra mundial com seu gesto :p

5 – Em qualquer situação: “Com licença”, “desculpa”, “obrigada”.

Os ingleses são conhecidos pela formalidade, humor sarcástico  e também pela sua educação. Muito provavelmente, a palavra que você mais irá ouvir pelas ruas de Londres será “sorry”.

Sorry para tudo. Encostou sem querer em alguém? “Sorry”. Alguém está com pressa e você na frente, no smartphone, emperrando o tráfego? “Sorry”. Tropeçou na bagagem de alguém? “Sorry”. Mesmo quando alguém se esbarra em você vale o “sorry” – é uma forma gentil de dizer “Está tudo bem, sem problemas”. Agora, vamos para a nossa última das 6 curiosidades de Londres para você não pagar mico.

6 – No banheiro: lugar de papel higiênico usado é no… vaso sanitário

Papel Higienico vai para o esgoto que é completamente coletado e processado em estações de tratamento

Papel Higiênico vai para o esgoto que é completamente coletado e processado em estações de tratamento

Ao visitarmos qualquer lar brasileiro estamos acostumados a jogar o papel higiênico usado direto no cesto de lixo, certo? Ok. Mas nos lares ingleses não se deve jogar papel na lixeira do banheiro. O local mais adequado é o vaso sanitário mesmo, pois o material será direcionado a um tratamento pelo sistema de esgotamento sanitário da cidade. O cesto do banheiro pode ser usado para descarte de embalagens plásticas, barbeador velho, rolo do papel higiênico, absorventes, fraldas, etc.

Lívia Rangel é jornalista cultural. Editora-fundadora da revista eletrônica www.ElevenCulture.com, publica, às terças e sextas-feiras, aqui no Acontece. E-mail: lira.comunicacao@gmail.com

crece pelo