trabalho voluntário em londres
royal free hospital

Falar em trabalho voluntário em Londres é falar de uma tradição britânica.

Por isso não é de se espantar que, em uma manhã de sábado, fria e chuvoso, você encontre um grupo de voluntários trabalhando ao ar livre. É o que vimos quando fomos ao Royal Free Hospital, em Hampstead. O convite partiu da brasileira Adriana Rouanet, residente em Londres. É ela também a nossa apresentadora no vídeo acima.

voluntários free royal hospital

Adriana Rouanet (esquerda) e Linda Grove (direita) com 2 voluntárias do Royal Free Hospital

Descubra mais:

O belo trabalho da ONG ABC Trust

Um exemplo de trabalho comunitário em Londres

Trabalho Voluntário em Londres – Plantando solidariedade

O voluntariado já é algo bonito em si. Significa solidariedade. Oferecer parte do nosso tempo para ajudar o outro. Quando este trabalho é feito pensando naqueles que se encontram hospitalizados, o que é bonito se torna sublime.

E o que dizer quando este trabalho envolve plantas e flores? Quando sementes de um jardim se transformam em sementes de solidariedade? É a moldura perfeita para um belo quadro, não é mesmo? O trabalho desenvolvido pelos voluntários do Free Royal Hospital tem todos esses atributos.

trabalho voluntário

Malcolm Grove (à esquerda) e voluntário do Royal Free Hospital

Durante a apresentação, Adriana Rouanet vai mostrando como este trabalho é desenvolvido. A iniciativa é da inglesa Linda Grove e o marido, Malcolm Grove. Ambos têm uma relação especial com o Brasil, porque viveram no país por um período de 3 anos.

A ideia desse trabalho voluntário começou a partir de uma observação de Linda: ao passar, frequentemente, por ali, ela percebeu o descuido na área al long da frente do hospital. Pontas de cigarro, lixo e mato. Ao invés de ficar na constatação, ela resolveu arregaçar as mangas.

trabalho voluntário em Londres

Veja como você pode participar

Mas um trabalho assim, além de iniciativa, exige mais duas coisas básicas:voluntários e, claro, recursos financeiros. Até o momento, o trabalho tem sido desenvolvido mais pela boa vontade e solidariedade da equipe que Linda conseguiu reunir. O hospital, como ela mesma afirma, tem outras prioridades.

Por isso, o vídeo acima tem uma função muito nobre: sensibilizar aqueles que querem, de uma forma ou de outra participar. Linda e sua valorosa equipe estão empenhados em uma campanha para levantar recursos que mantenham a continuidade desse trabalho.

trabalho voluntário em londres

O objetivo da campanha de “crowdfunding” é arrecadar 5 mil libras. Para o brasileiro, em especial,  que, automaticamente, tende a converter este valor para o real, parece um absurdo. Adriana, no entanto, explica: mudas no Reino Unido, são caríssimas. E, por incrível que pareça, eles ainda enfrentam um problema extra: o roubo de mudas. Principalmente daquelas que são mais caras.

Não é fácil abrir mão das suas horas vagas, enfrentar a chuva e o frio de uma manhã de sábado, para depois descobrir que tudo foi em vão. Você pode estar pensando; ‘como posso ajudar?’. A resposta você encontra escrevendo para Linda Grove, neste email: linda@yahoo.com; ou na página da campanha do site Just Giving.

trabalho voluntário

Jasmim Bassi

Exemplos a seguir

Se você ainda não está convencido da nobreza deste trabalho, o que as palavras não estão conseguindo, talvez, o vídeo acima consiga. Nele, além de Adriana, Linda e Malcolm, você vai ver que pessoas de diferentes idades e nacionalidades estão participando. Tem britânicos, europeus, asiáticos e brasileiros. Tem crianças e adultos. E, em especial, tem o depoimento de uma paciente do Free Royal Hospital: Ou seja: não falta exemplo a seguir.

jardim do free royal hospital

Por falar em exemplo, são animadoras as palavras de Linda Grove em relação ao Brasil: assim com a tradição desse trabalho voluntário em Londres, ela acredita que o nosso país já está dando os primeiros passos para se tornar uma nação do voluntariado.

Um país não se desenvolve só no plano econômico. O trabalho voluntário gera o sentimento de que somos todos responsáveis pelo espaço que habitamos. Que o problema que afeta o vizinho também é nosso, de todos.  O vídeo acima é uma pequena contribuição do Canal Londres neste sentido. Mão à obra.

A sua opinião é muito bem-vinda. Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of

receba nossa newsletter
somos uma tv online
feita por brasileiros
em Londres e estamos
construindo um arquivo
inédito sobre a diáspora
brasileira na Europa.

info@canallondres.tv