trafalgar square
o coração de londres

A Trafalgar Square é o coração de Londres e um dos grandes pontos de referências da cidade. É aquele lugar perfeito para marcar um encontro porque é fácil chegar lá, vindo de diferentes pontos da cidade.

Talvez por isso, toda vez que os londrinos precisam se encontrar para comemorar, protestar, prestar, homenagens, Trafalgar é o ponto de encontro. Além de saber onde fica, também vale a pena conhecer um  pouco da história desse lugar.

almirante nelson trafalgar square

Almirante Nelson

Descubra mais:

A história do Big Ben, o grande sino e símbolo de Londres

Trafalgar Square – um nome de batalha

Nem sempre ela foi chamada de Trafalgar Square. Antes, a região era conhecida como Charing Cross nome, dado em homenagem à vitória da armada britânica contra as forças de Napoleão e os aliados espanhóis, na famosa Batalha de Trafalgar, em 1805.

O comandante das tropas britânicas era o Almirante Nelson. isso explica a homenagem com a Coluna Nelson, bem no centro da praça, com a estátua do comandante no alto. No chão, 4 leões fazem o papel de guardiães, em torno da coluna.

trafalgar square londres

 

De estábulo a praça do povo

Antes de se tornar na Trafalgar Square, o lugar tinha uma função completamente diferente: era ali que ficavam os estábulos do Whitehall, palácio construído por Henrique VIII e que, até a sua destruição pelas chamas de um incêndio, em 1698, era o maior da Europa. Os estábulos foram demolidos no século XVIII, mas foi no século seguinte que um plano de revitalização urbana mudou a face e a função da praça.

fontes trafalgar

O projeto de transformação da região foi entregue ao arquiteto John Nash, que também foi um dos responsáveis pela ampliação do Palácio de Buckingham. John Nash não viveu o suficiente para ver o seu projeto implementado. Isso aconteceu só depois de 1840.

Gradativamente, foram construídas a Coluna Nelson, com 4 leões em volta, as duas fontes e 4 colunas, uma em cada esquina da Trafalgar Square. A partir dali, a praça passava a ser um lugar destinado ao lazer público, papel que ela continua a desempenhar nos dias de hoje.

trafalgar square londres

Quarta Coluna – Really Good, de David Shrigley

As 4 colunas da Trafalgar Square

Das 4 colunas em torno nas esquinas da Trafalgar, duas são dedicadas a generais heróis de batalhas, Henry Havelock e Charles James Napier, e uma ao Rei George IV. A quarta coluna foi deixada vazia, até 1999. A partir de então, ela passou a ser usada como um pedestal para expor ideias e conceitos artísticos.

national gallery

The National Gallery

National Gallery – o museu da praça

Mas a grande estrela da praça é a National Gallery. Construída entre 1832 e 1838, ela mudou a face da praça. Além de ser um dos museus mais importantes de Londres, devido ao valor do seu acervo, o acesso é grátis. Ali perto também fica a National Portrait Gallery, que conta a história do Reino Unido através de retratos de personalidades.

manifestação na trafalgar

Ato contra os atos terroristas de 2017

Trafalgar Square – onde Londres se encontra

A localização central da Trafalgar Square também fez com que ela se tornasse o principal palco de manifestações públicas na cidade. Ali, as torcidas se juntam para celebrar vitórias, trabalhadores se unem para fazer protestos, a população faz vigília quando um ato de terrorismo atinge a cidade. Especialmente no verão, a praça também é palco para apresentações de concertos musicais.

arte na trafalgar

Artistas do povo

A área dedicada a pedestres na frente da National Gallery também é muito usada por artistas de rua. Homens-estátua, músicos, ativistas políticos, mágicos, aproveitam a presença do público para exibir ideias e talentos, em troca de atenção e algumas moedas.

marcas dos pombos na steatua

As marcas dos pombos

Eles já não estão tão presentes na Trafalgar Square quanto no passado. Sim, durante muito tempo, os pombos foram uma atração à parte. Eles faziam a festa de crianças e adolescentes. Por uma questão de saúde pública, medidas, como o uso de animais predadores, foram tomada para inibir a presença deles na praça.

Em 2003, o então prefeito, Ken Livingstone aprovou uma lei que torna proibido alimentar os pombos ali. De qualquer forma, como mostra a estátua do general Henry Havelock (foto acima), ainda é possível ver marcas da presença dos pombos na Trafalgar.

arredores da trafalgar

Voltando ao que foi dito logo no início, um dos segredos da Trafalgar é a sua localização. Uma das saídas da Estação de Charing Cross é bem ao lado da Coluna Nelson, por exemplo. Piccadilly Circus e a margem norte do Rio Tâmisa estão a 5 minutos dali. O mesmo acontece com Covent Garden. O The Mall liga Trafalgar ao Palácio de Buckingham. São inúmeras as linhas de ônibus que passam por ali. Não importa o lugar onde você esteja, é ali que os diferentes pontos da cidade se encontram.

A sua opinião é muito bem-vinda. Deixe um comentário

receba nossa newsletter
somos uma tv online
feita por brasileiros
em Londres e estamos
construindo um arquivo
inédito sobre a diáspora
brasileira na Europa.

info@canallondres.tv