whitstable
praia, ostra, caranguejo

Whitstable, é a terra da ostra, na Inglaterra.

Mas nem só de ostra vive Whitstable. Lá também é a terra do caranguejo e destino para quem quer uma praia perto de Londres. Pouca gente também vai associar tudo isso à Inglaterra, não é mesmo? Mas Whitstable não só existe, como fica muito perto da capital londrina. A gente não pode garantir o sol, mas o mar, a ostra, o caranguejo, a lagosta de Whitstable não devem nada a ninguém. É um bela surpresa para qualquer brasileiro que curta o mar.

Whitstable

Silvino Ferreira Jr

Descubra mais:

Uma floresta em Kent e a 40 minutos de Londres

Whitstable, ostra e trem

Para revelar um pouco das surpresas e histórias que esta cidade, localizada na costa norte do estado de Kent e sudeste da Inglaterra, tem a oferecer. Basicamente, a cidade é conhecida por dois grandes motivos: a vocação pesqueira, com grande produção de ostra e caranguejo, e o pioneirismo em relação à história da ferrovia.

No vídeo acima, vamos contar um pouco da produção de ostra e caranguejo, especialmente a primeira. Em outro vídeo, vamos falar da relação de Whitstable e a história da ferrovia, que faz com que a cidade esteja ligada a um dos acontecimentos mais importantes da história: a revolução industrial.

estação de trem whitstable

Caranguejo e Caramujo

Produzir ostras na quantidade e variedade que esta cidade do litoral inglês é capaz, é um presente da natureza. Uma série de fatores se combinam para que isso aconteça. É, ao mesmo tempo, um negócio milenar.

Os romanos já transportavam a ostra de Whitstable para Roma. A importância da pesca para a cidade é tão grande que a linha de trem que liga Whitstable à Canterbury, capital de Kent, é chamada de Crab and Winkle (caranguejo e caramujo).

porto de Whitstable

O porto

Para entender a importância que a indústria da pesca tem para a cidade, é fundamental uma visita ao Porto de Whitstable. A rigor, a cidade não precisaria de um porto. É que a praia permite o ancoramento de barcos. O porto foi construído por conta de uma demanda externa. No passado, a ligação entre Canterbury e o mar era feito através do rio Stour, que fazia a ligação com Sandwich, outra cidade do estado de Kent.

Com o tempo, essa via foi fechada, por conta do deslocamento de pedras provocado pelas águas. Daí surgiu a necessidade de um porto e foi natural que ele fosse construído na cidade que fornecia ostras e caranguejos para a capital.

ostra de whitstable

O restaurante

Claro que em nosso passeio a gente não poderia deixar de provar dos produtos que fazem a fama da cidade. Para isso, fomos a um restaurante cuja tradição vem de longe. Já o Royal Native Oyster Stores é herdeiro dessa longa tradição. Foi lá a fomos provar a ostra e o caranguejo de Whitstable. À beira da praia, ele é sempre concorrido. Por isso, é bom fazer uma reserva para garantir o seu lugar.

mar de whitstable

O pub e o mar

Agora, vamos admitir que você não está nem aí pra ostra, caranguejo, lagosta ou qualquer membro da família dos crustáceos. Ou que você simplesmente não possa consumi-los por conta de alguma alergia, por exemplo.

Não é por isso que você deve deixar de ir a Whitstable. Em especial para os brasileiros que moram em Londres, é uma excelente opção de marcar um encontro com o mar. E o mar de Whitstable é lindo até no inverno. E na beira do mar tem um pub muito especial, onde a gente encerrou o nosso passeio por lá. Confira no vídeo se a gente está exagerando.

A sua opinião é muito bem-vinda. Deixe um comentário

receba nossa newsletter
somos uma tv online
feita por brasileiros
em Londres e estamos
construindo um arquivo
inédito sobre a diáspora
brasileira na Europa.

info@canallondres.tv